Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Matemática Industrial

O QUE FAZ

Unir Matemática, Estatística e Computação, aliando percepção e criatividade, para a solução de problemas e otimização de atividades é uma das atribuições do graduado na área. Caracterizado pela versatilidade, o campo de atuação do matemático industrial abrange diversas fases da cadeia produtiva das organizações.

Em um novo serviço ou produto de uma empresa, o matemático industrial pode trabalhar desde sua elaboração utilizando-se da análise de recursos e custos, até o planejamento da produção, a logística e a programação da distribuição; pode prever o momento da manutenção do maquinário e controlar estoques. Além de gerir funcionários, através da melhor alocação de recursos humanos e definição de escalas de trabalho dentro da indústria. Na entrega de mercadorias, determina o plano de atendimento de clientes e o dimensionamento da frota de veículos.

Capacitado para buscar soluções de forma eficiente e segura, auxiliando diferentes campos do conhecimento, o matemático industrial pode exercer suas funções, por exemplo, na decisão de uma ferramenta de pesquisa eficaz para uma companhia de busca eletrônica; na realização de testes de ergonomia e segurança em empresas automobilísticas; na transferência de dados, com rapidez e confiabilidade, em uma rede de comunicação; na mensuração da eficiência de setores, pessoas ou processos e até mesmo na Biomatemática, na análise de expansão de uma doença e definição de políticas públicas de vacinação, em casos de epidemia.

O QUE ESTUDA

Para o estudante de Matemática Industrial, ter aptidão e gostar de matemática é essencial. Durante a graduação, o aluno irá estudar disciplinas relacionadas às áreas da Matemática, Computação e Estatística.

Compõem a matriz curricular do curso disciplinas de Cálculo, Probabilidade, Álgebra Linear e Matricial, Computação e Estatística. Outras disciplinas, de caráter mais específico, são Matemática Computacional e Pesquisa Operacional, Programação Linear, Inteira e Não-linear, Construção e Análise de Algoritmos e Controle de Qualidade.

ÁREA DE ATUAÇÃO/MERCADO DE TRABALHO

Capacitado para buscar soluções de forma eficiente e segura, auxiliando diferentes campos do conhecimento, o matemático industrial pode exercer suas funções, por exemplo, na decisão de uma ferramenta de pesquisa eficaz para uma companhia de busca eletrônica; na realização de testes de ergonomia e segurança em empresas automobilísticas; na transferência de dados, com rapidez e confiabilidade, em uma rede de comunicação; na mensuração da eficiência de setores, pessoas ou processos e até mesmo na Biomatemática, na análise de expansão de uma doença e definição de políticas públicas de vacinação, em casos de epidemia.

Pode trabalhar no planejamento da logística de produção e distribuição de alguma mercadoria; no processamento de imagens de satélite, tomográficas, sísmicas ou diagnóstico médico por imagens. Outra oportunidade de trabalho é no setor econômico e no mercado financeiro auxiliando na análise de risco de investimentos.

COMO É O CURSO NA UFC

O bacharelado em Matemática Industrial possui oito semestres de duração e o aluno pode concluir a formação em um prazo máximo de doze semestres. As atividades do curso ocorrem no período integral e são ofertadas 40 vagas anuais com ingresso no primeiro semestre letivo do ano.

MAIS SOBRE O CURSO

Matemática Industrial - Fortaleza

Créditos

© 2014 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo