Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Mostra "Cavidades, poros e malhas" segue até dia 27, no MAUC

Imagem da exposição Cavidade, poros e malhasEstreou na terça-feira (12), às 18h30min, no Museu de Arte da UFC (MAUC), a exposição Cavidades, poros e malhas, do artista plástico Maximiano Arruda. Composta por 12 imagens, a mostra tem como propósito discutir o consciente e o inconsciente humano, além de suas neuroses, através da xilogravura.

Com bases nas ideias do filósofo francês Gilles Deleuze acerca do sistema volume-cavidade atribuído ao corpo humano, o artista trabalha os seguintes conceitos: cavidades como molas propulsoras; poros como ansiedades; e malhas como relações físicas, virtuais e imaginativas entre as pessoas. "As relações apresentadas perpassam por multiplicidades, característica inerente à gravura. Os pontos nos trabalhos configuram as necessidades do ser, que, muitas vezes, se revelam invisíveis; seus poros são evidenciados no dia a dia; suas particularidades são expostas (des)necessariamente", comenta Maximiano Arruda.

A exposição segue aberta ao público até o dia 27 deste mês. O MAUC fica situado na Av. da Universidade, 2854, Benfica. Funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A entrada é gratuita.

SOBRE O ARTISTA – Maximiano Arruda é doutor em Artes pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Atua como docente na licenciatura em Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE), no Mestrado Profissional em Artes do IFCE e no Mestrado Profissional em Artes (PROFARTES) da UFC. É ainda o atual representante da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP) no Ceará e coordena o Grupo de Pesquisa ARTE UM (CNPq/IFCE).

Fonte: Graciele Siqueira, diretora do MAUC – fone: 85 3366 7481

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300