Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Projetos da UFC sobre adoção de animais abandonados são finalistas em competição de IHC

Imagem: logomarca do IHC com dois bonecos desenhados, sendo um rosa e outro azulA Universidade Federal do Ceará se destaca mais uma vez em disputa na área de Interação Humano-Computador (IHC). São da UFC três dos cinco projetos finalistas da Competição de Design do IHC 2019 – XVIII Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, principal evento científico da área de IHC no Brasil. O simpósio acontecerá em Vitória, no Espírito Santo, de 21 a 25 de outubro.

Com o tema “Adoção de animais abandonados”, o desafio desta edição da Competição de Design foi a criação de uma solução que apoie a conscientização sobre posse responsável de animais e incentive a adoção dos que estão abandonados.

Os projetos PadimPet, de alunos do Campus de Quixadá; Cabine Pets, do Curso de Engenharia de Software do Campus de Russas, e Clube do Resgate, do Curso de Sistemas e Mídias Digitais, em Fortaleza, são os representantes da Universidade na competição.

Imagem: foto de quatro jovens em pé, sendo três mulheres e um rapazO PadimPet é um aplicativo elaborado para promover o apadrinhamento de animais pelas pessoas que não podem criar um animal em casa. A intenção é ajudar na interação entre futuros padrinhos e abrigos, além de possibilitar o acompanhamento dos animais apadrinhados. O título é uma junção do apelido “padim”, que costuma ser dado a padrinhos e faz referência regional a Padre Cícero, junto com o termo “pet”, dado aos animais de estimação.

O projeto é de autoria de Raissa Lemos, do Curso de Design Digital, e de Marcelo Martins e Sávia Fernandes, do Curso de Engenharia de Computação, e de Filipe Damasceno, que atuou no campus como professor substituto até 2018. O trabalho é orientado pela professora Andréia Libório.

Imagem: foto de quatro jovens em pé, sendo três mulheres e um rapazJá o Cabine Pets consiste na instalação de cabines com comedouros que podem ser acionados por meio de doações em moedas, liberando ração e água para os animais. Essas doações podem ser registradas em um aplicativo móvel, onde também é possível fazer outras doações e obter informações sobre animais para adoção. O app conta ainda com postagens de conscientização que são realizadas por ONGs e profissionais da saúde, como médicos veterinários.

A autoria é de Tamires Ariane Sousa, Valéria Maria Pinheiro e Gabriel Fonseca Júnior, dos cursos de Engenharia de Software e Ciência da Computação do Campus de Russas, sob orientação da Profª Anna Beatriz Marques.

Imagem: cartaz de uma mão segurando um celular com imagem do aplicativo Clube do ResgatePor sua vez, o Clube do Resgate é um jogo digital baseado em localização que busca conscientizar sobre o abandono de animais, por meio de interação que leva a conhecer melhor a causa animal no mundo real. No aplicativo os jogadores são convidados a andar pela cidade combatendo as “Sombras do Abandono” (vilões) para libertar os animais abandonados. Os usuários também podem interagir com comedores autônomos e manifestações artísticas espalhadas pelo espaço urbano para coletar mantimentos virtuais e encontrar famílias para os bichos virtuais resgatados.

Desenvolvido por Izac Sidarta, David Miranda, Patrick Nobre e Espedito Roza, o projeto foi orientado pelo Prof. Mateus Pinheiro, do Curso de Sistemas e Mídias Digitais.  

Os trabalhos foram aprovados na primeira fase da competição, que consiste em submissão de artigos com ideias inovadoras sobre o tema, um protótipo interativo e um vídeo de divulgação da ideia. Os cinco melhores projetos seguem agora para a etapa final, em que os três melhores serão escolhidos por banca julgadora.

Fonte: Núcleo de Comunicação do Campus da UFC em Quixadá – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300