Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Orgulho e conquistas marcam histórias da terceira noite de colação de grau em Fortaleza

Imagem: foto de um homem negro vestido de beca com faixa roxa, em frente ao letreiro da UFCAinda era dia quando Jackson Bezerra chegou aos jardins da Reitoria da Universidade Federal do Ceará para aproveitar a luz natural do sol para tirar fotos. Ao lado da irmã, ele fazia poses e indicava os melhores ângulos e locais para os registros.

Aos 42 anos de idade, Jackson foi um dos 521 formandos na terceira noite de colação de grau, ocorrida nessa quinta-feira (16). Depois de concluir o ensino fundamental e médio, Jackson, que é surdo, partiu para o mercado de trabalho: chegou a ser instrutor de libras durante um período, mas, por não possuir nível superior, teve de deixar o emprego. 

Seguiu no mercado como auxiliar de loja em uma rede de farmácias até descobrir o Curso de Letras-Libras na UFC. Por volta dos 35 anos de idade, ele viu a oportunidade e percebeu que seria capaz de mudar o rumo de sua história. Fez o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) sem que ninguém da família soubesse e foi aprovado na seleção para o curso. 

Ao concluir a graduação, Jackson diz que "não esperava [concluir o ensino superior], mas, depois [que entrou na Universidade], foram só conquistas". A mais recente foi já sair da Universidade com emprego garantido. Ele será professor em um centro de idiomas em Maracanaú, município da Região Metropolitana de Fortaleza. "São muito importantes iniciativas como essas [do Curso Letras-Libras] para incentivar os surdos", afirmou, desejando que mais surdos possam concluir o ensino superior. 

Veja outras imagens da colação de grau no Flickr da UFC

Imagem: foto de uma família em pé posando para a foto. Ao centro, um jovem de beca com faixa vermelhaORGULHO – Se a família se enche de orgulho com a conclusão de curso de um filho em uma universidade federal, imagine quem viu, em uma mesma semana, dois filhos se graduando pela UFC. Foi o caso do Antônio Marcos e da Maria Rosalba Martins, que vieram à Reitoria prestigiar a conquista dos filhos Eduardo e Ítalo.

A noite dessa quinta-feira (16) foi do Eduardo Martins, que, aos 27 anos, concluiu o Curso de Direito. Dois dias antes, a família já havia se reunido no mesmo local para celebrar a colação de grau de Ítalo, que concluiu o Curso de Fisioterapia. "Estamos muito orgulhosos, é um sentimento de imensa gratidão", declarou o pai, já observando que o terceiro filho, mais novo, também concluirá o ensino superior neste ano.

Eduardo fez questão de compartilhar a vitória ao lado dos pais, irmãos, cunhada e sobrinha, a pequena Bianca Luna, que, aos 6 meses, já vestia a beca para ficar "igual ao tio". "É uma conquista muito grande, principalmente por me formar na Faculdade de Direito da UFC, que tem um padrão de excelência", afirmou, prometendo "honrar o nome" da Universidade agora no mercado de trabalho.

Imagem: foto dos concluintes vestidos de beca com braço direito estendido para o juramento dos formandosCOLAÇÃO – Na solenidade presidida pelo reitor, Prof. Cândido Albuquerque, foram diplomados 521 estudantes de 23 cursos de graduação da Faculdade de Direito (FADIR), Centro de Humanidades (CH), Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) e Faculdade de Educação (FACED).

Após a entrada das autoridades universitárias, o cerimonial da UFC convidou os representantes discentes de cada curso a se posicionaram à frente da mesa diretora para enunciar o juramento de formatura. Como aconteceu na noite anterior, a leitura do termo de colação de grau foi interrompida por manifestações que impediram o pleno prosseguimento da cerimônia, novamente abreviada. Por fim, o reitor declarou formados todos os concluintes e encerrou a cerimônia.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: (85) 3366 7331

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300