Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Encerrando ciclo de colações de 2019.2, Campus de Sobral forma 104 novos profissionais

Imagem: Vista frontal do auditório lotado durante a cerimônia de colação de grau (Foto: Ribamar Neto/UFC)"Tem lugares que me lembram / Minha vida, por onde andei / As histórias, os caminhos / O destino que eu mudei." Assim canta Rita Lee em sua versão de um clássico dos Beatles. De fato, lugares marcam uma vida e ilustram bem a intrínseca relação entre espaço e tempo. Na vida da nova engenheira da computação Raquel Couto, um lugar marcante é o Campus Mucambinho, da Universidade Federal do Ceará em Sobral. 

Muitos anos atrás, a avó de Raquel batalhava para ganhar a vida na fábrica de tecidos que havia no mesmo terreno onde agora funciona o campus. Foi lá que, na noite da última sexta-feira (24), colaram grau Raquel e outros 103 concludentes, dos cursos de Ciências Econômicas, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Finanças, Música, Odontologia e Psicologia.

Veja mais fotos da cerimônia de colação de grau em Sobral no Flickr da UFC

Imagem: Casal de estudantes Thales Rocha e Raquel Couto, concludentes de Engenharia da Computação (Foto: Ribamar Neto/UFC)"Isso é muito gratificante para mim. Principalmente porque, nesse lugar, minha avó entrou para trabalhar muito jovem, quando aqui era uma fábrica de tecidos. E hoje ela tem uma neta realizando o sonho de terminar um curso na universidade pública. É muita emoção", disse Raquel. A avó, pelas restrições que o tempo vai impondo, não pôde estar presente, mas certamente está orgulhosa de saber que, no lugar onde engendrou fios, a neta agora utiliza o conhecimento como matéria-prima para tecer a própria história.

Não bastasse isso, o Campus de Sobral deu ainda mais motivos para que Raquel, quando mais tarde olhar para trás, lembre-se com carinho do que viveu nesse espaço-tempo. Logo no primeiro semestre do curso, ela e o também concludente Thales Rocha se apaixonaram e deram-se as mãos. "Entramos na mesma turma, em 2015.1. Criamos um grupinho de amigos; aí fomos nos conhecendo e começamos a namorar. É muito bom estar aqui hoje", conta Thales. 

Imagem: Concludente Thales Brito Fernandes, do Curso de Psicologia (Foto: Ribamar Neto/UFC)RESPONSABILIDADE ‒ Outro Thales, de sobrenome Brito Fernandes, também estava exultante pela tão esperada conclusão de curso. Fez questão de deixar claro que, como novo psicólogo, começará agora um novo ciclo, no qual pretende dar o máximo com sua contribuição às pessoas. Essa consciência vem de sua atuação no Serviço Aplicado de Psicologia, por meio do qual a UFC oferece atendimento gratuito à população em Sobral. 

"Além desse sentimento de alegria, há também uma responsabilidade de quem se forma em uma instituição pública. Existe a expectativa de retorno de nossos conhecimentos apresentada pela sociedade e também pelo próprio curso, que para além de uma técnica, trabalha com valores éticos e humanos que são salutares para uma sociedade mais justa", expressa. 

RESISTÊNCIA ‒ O orador discente da cerimônia, Erasmo Júnior de Melo Chaves, do Curso de Música, ressaltou a resistência como virtude fundamental a todos que venceram o longo percurso até a formatura. Porém, lembrou também aqueles que, por diversos fatores, não puderam celebrar aquele momento.

Imagem: O orador discente Erasmo Júnior Chaves (Foto: Ribamar Neto/UFC)"Nós que estamos aqui representamos as dezenas de colegas de turma que não conseguiram finalizar o curso e ficaram pelo caminho. Estes representavam as centenas de estudantes que não passaram no ENEM, que representavam os milhares de alunos que não terminaram o ensino médio, que representavam os milhões de indivíduos que não completaram o ensino fundamental, que, por sua vez, representavam todos aqueles que não puderam estudar porque tiveram que abandonar a escola", disse Erasmo.

Na sequência, citou ainda problemas estruturais da sociedade brasileira que, ao mesmo tempo que valorizam ainda mais o alcance de uma formatura, mostram o quanto ainda precisamos evoluir. "Representamos também aqueles que resistem apenas para sobreviver: os negros afro-brasileiros que resistem ao racismo institucional, os pobres favelados que resistem à ‘bala perdida’ e ao baculejo policial, os homossexuais que resistem ao preconceito do puritanismo à brasileira, as mulheres que resistem ao machismo cultural. Enfim, todos aqueles que gostariam de estar aqui, mas que, por algum motivo, não estão."

FORÇA E CORAGEM ‒ Orador docente, o Prof. Mário Áureo Gomes Moreira, do Curso de Odontologia, salientou que os novos profissionais agora fazem parte dos pouco mais de 8% de brasileiros que possuem diploma universitário. "Podem bater no peito e dizer por aí que conquistaram esse título na Universidade Federal do Ceará. Que isso sirva não para trilharmos caminho em direção à arrogância e ao distanciamento com a sociedade, mas sim em direção ao respeito e à humildade", aconselhou.

Imagem: O Prof. Mário Moreira, orador doscente da cerimônial (Foto: Ribamar Neto/UFC)Na sequência, pediu que os novos profissionais carregassem o brasão da UFC com muito orgulho. "Nós, professores, desejamos sinceramente que as três chamas deste brasão iluminem os seus caminhos e as suas profissões. 'A virtude unida é mais forte', é o que diz o texto deste nosso símbolo. O grupo dos que fazem a UFC em Sobral é corajoso e é forte. Somos um grupo de estudantes, servidores e professores unidos e, certamente, alçaremos voos muito mais altos, que nos levarão a um futuro muito melhor, em que irão se refletir todos os nossos esforços."

REPUTAÇÃO INESTIMÁVEL ‒ Presidindo a cerimônia de colação de grau, o reitor Cândido Albuquerque sublinhou a satisfação de, pela primeira vez em seu período à frente da Universidade, conferir grau aos concludentes do Campus de Sobral. Ele também enfatizou a força e a credibilidade da UFC como trunfos dos concludentes. 

Imagem: Reitor Cândido Albuquerque durante discurso (Foto: Ribamar Neto/UFC)"As certificações agora recepcionadas possuem reputação inestimável, advindas de uma academia moderna, ativa, inovadora, aberta aos bons propósitos, com vistas a conduzir o saber humanístico, tecnológico e artístico na construção de uma sociedade plural, justa e fraterna", disse o reitor. Ele acrescentou ainda que, além da necessária formação técnica, a UFC tem a missão de formar cidadãos e cidadãs, e assim busca contribuir para o aperfeiçoamento das instituições brasileiras.

Estiveram presentes à cerimônia o vice-reitor, Prof. Glauco Lobo; a pró-reitora de Graduação, Profª Ana Paula Ribeiro; a pró-reitora de Extensão, Profª Elizabeth Daher; o pró-reitor de Gestão de Pessoas, Prof. Marcus Vinícius Machado; o pró-reitor de Relações Internacionais, Prof. Augusto Albuquerque; a pró-reitora-adjunta de Planejamento e Administração, Adênia Guimarães; o pró-reitor-adjunto de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Rodrigo Porto; a pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Telma Araújo; o representante da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, Wildner Lins; o diretor do Campus de Sobral, Prof. Guilherme Matias; e o vice-diretor do Campus de Sobral, Prof. Mário Moreira, entre outras representações acadêmicas.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional ‒ fone: (85) 3366 7331

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300