Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Departamento de Física ganhará oito novos laboratórios de pesquisa

Imagem: Computadores sobre um balcão na Central Analítica da UFC (Foto: Ribamar Neto/UFC)O Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará ganhará oito novos laboratórios de pesquisa com a ampliação do bloco 929. As obras são orçadas em R$ 1,2 milhão, com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), por meio do convênio 01.12.0092.00. Elas foram licitadas pela Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC). A empresa responsável pela obra já assinou contrato e os trabalhos devem ser iniciados nas próximas semanas.

"Esses laboratórios terão como consequência a implementação de novas técnicas experimentais. O programa de pós-graduação, que já é nota máxima na avaliação da CAPES, poderá dessa forma ampliar ainda mais a liderança no contexto nacional e permitir o aumento da qualidade na formação de seus alunos", avalia o Prof. Paulo Freire, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Física da UFC.

O chefe do Departamento de Física, Prof. Eduardo Bedê Barros, destaca que os novos laboratórios chegam no contexto de expansão da Física, permitindo reforçar não apenas as pesquisas atualmente realizadas, como também ampliar as áreas estudadas. Atualmente, a Física da UFC possui nota 7, na avaliação da CAPES a nota máxima, o que a credencia como instituição de pesquisa de excelência internacional.

"O Departamento de Física da UFC tem um papel de vanguarda na pesquisa científica brasileira. Contamos hoje com mais de R$ 17 milhões em equipamentos instalados em nossos laboratórios e já temos diversos projetos de pesquisa com o objetivo de expandir esse investimento. A instalação de oito novos laboratórios vai permitir essa expansão e ajudar na reorganização dos equipamentos instalados, já que muitos deles estão acomodados em situação ainda longe da ideal", disse o Prof. Eduardo Bedê Barros.

Para Freire, os novos laboratórios servirão como opções adicionais não apenas para os alunos do Programa de Pós-Graduação em Física desenvolverem seus projetos de pesquisa. "Uma vez que essas pesquisas são realizadas com a parceria de diversos programas de pós-graduação e departamentos da Universidade Federal do Ceará, os novos laboratórios podem ser vistos como um ganho extraordinário para toda a nossa Instituição", diz.

O convênio foi assinado no âmbito do CT-INFRA, o fundo setorial da FINEP criado para viabilizar a modernização e a ampliação da infraestrutura e dos serviços de apoio à pesquisa desenvolvida em instituições públicas de ensino superior. O CT- INFRA está sob a coordenação do Prof. Alexandre Holanda Sampaio. O recurso faz parte do subprojeto Ampliação da Infraestrutura do Departamento de Física da UFC, coordenado pelo Prof. Antonio Gomes de Souza Filho.

Segundo o Prof. Alexandre Holanda Sampaio, as chamadas do CT-INFRA são de extrema importância para as instituições federais de ensino superior, pois permitem o aporte de recursos para aquisição de equipamentos de grande porte e obras de grande impacto. Ele cita como exemplo a reforma do Biotério Central e a (da) subestação de energia do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, inauguradas em 2019. "Essa captação de recursos tem sido decisiva para manter a pesquisa competitiva, fundamental para consolidar a excelência da pós-graduação aferida na última avaliação da CAPES pelos programas da UFC, atingindo valores da ordem de R$ 56 milhões desde 2007".

Fonte: Prof. Eduardo Bedê Barros, chefe do Departamento de Física – fone: (85) 3366 9903

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300