Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

GT com representação estudantil e docente discute medidas de reposição de aulas e atividades pós-pandemia

Imagem: Mulher conversa com outra mulher através de chamada de vídeo pelo celularSob a coordenação da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Ceará, um grupo de trabalho (GT) formado por representantes de estudantes e professores foi criado para elaborar, coletivamente, dois documentos que irão balizar as ações da Universidade em meio às indefinições geradas pelo novo coronavírus: a Proposta Pedagógica de Emergência e o Protocolo de Retorno Pós-Pandemia da UFC.

O objetivo é desenvolver mecanismos para a reposição de aulas e para a conclusão do semestre letivo 2020.1, considerando-se que ainda não há garantia, no curto prazo, de quando poderá ser feita a retomada segura das atividades 100% presenciais, em decorrência do alto nível de contágio da doença.

"Estamos vivendo uma situação complexa e completamente nova, que apanhou o mundo inteiro de surpresa. Precisamos, juntos, pensar saídas, principalmente porque não se sabe quando haverá 'normalidade', quando poderemos estar juntos presencialmente. Não há perspectivas de curto prazo", explicou a pró-reitora de Graduação, Profª Ana Paula de Medeiros.

A PROGRAD reforça que tanto a Proposta Pedagógica de Emergência quanto o Protocolo de Retorno Pós-Pandemia levarão em conta a isonomia entre os estudantes. Como já antecipado pela administração superior e pelo Conselho Universitário, nenhum aluno será prejudicado por não ter conseguido participar de atividades remotas durante a suspensão das atividades presenciais.

Dessa forma, o GT também deverá pensar soluções que contemplem alunos impossibilitados de participar de eventuais atividades de reposição na modalidade remota. Assim, a PROGRAD, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) e outros setores da UFC estão discutindo medidas de apoio para garantir condições de amplo acolhimento e conectividade digital aos estudantes.

"Estamos, junto com a PRAE, preparando uma pesquisa institucional, um questionário detalhado, para verificar exatamente as condições dos estudantes. A proposta é lançar essa pesquisa já na semana que vem, para, a partir dela, definirmos um plano de apoio", explicou a Profª Ana Paula.

DADOS SUBSIDIARÃO O GT – A primeira reunião do grupo de trabalho ocorreu na manhã desta sexta-feira (8). Na véspera, a pró-reitora Ana Paula de Medeiros e a pró-reitora-adjunta, Profª Simone Borges, reuniram-se pela Internet com os 17 coordenadores de Programas Acadêmicos da UFC, com a intenção de apresentar estudos que irão auxiliar na construção da Proposta Pedagógica de Emergência e do Protocolo de Retorno Pós-Pandemia.

Esses estudos apresentados pela PROGRAD abordam tanto a conjuntura interna da UFC – como a adesão ou não às atividades remotas pelas unidades acadêmicas – quanto as experiências de outras universidades federais, inclusive aquelas que optaram por suspender o calendário acadêmico.

"A tendência, e muitas das universidades brasileiras já estão praticando, é o planejamento para uma retomada que considere um ensino misto, usando tecnologias digitais e ensino presencial. Isso tem sido visto até mesmo entre as universidades que suspenderam seus calendários", afirmou a pró-reitora Ana Paula de Medeiros.

A professora disse ter ciência da heterogeneidade do cenário acadêmico, em que parte das unidades aderiu às atividades remotas, enquanto outras aderiram apenas parcialmente e outras, ainda, estão com todas as atividades paralisadas. Todos esses aspectos deverão ser considerados na Proposta Pedagógica de Emergência.

A intenção da PROGRAD é evitar a desmobilização da comunidade universitária e a consequente evasão de estudantes. Para isso, a manutenção da relação professor-aluno é considerada essencial, mesmo que não seja possível efetivá-la presencialmente. "Não estamos propondo substituição das aulas presenciais pelo ensino a distância, mas a adequação dos conteúdos a um formato em que seja possível a continuidade do ambiente de aprendizagem", explicou a Profª Ana Paula.

GRUPO DE TRABALHO – A reunião desta sexta-feira (8) teve o objetivo de apresentar o modelo de funcionamento do GT e iniciar as discussões sobre a Proposta Pedagógica de Emergência. O debate sobre o Protocolo de Retorno Pós-Pandemia será feito posteriormente.

Durante o encontro, ocorrido pela Internet, os participantes falaram sobre possíveis medidas estratégicas, temporárias e emergenciais, de forma a garantir o maior nível de aprendizagem possível levando em conta as especificidades das disciplinas teóricas, teórico-práticas e totalmente práticas. "Precisamos ter um plano para cada uma dessas características, pensando também as especificidades dos cursos", explicou a titular da PROGRAD.

O grupo trabalha com as possibilidades de flexibilização indicadas na Medida Provisória nº 934/2020, que dispensou escolas e instituições de ensino superior do cumprimento mínimo de 200 dias letivos anuais.

Na próxima terça-feira (12), o GT volta a se reunir para avançar nessas discussões. A partir dos modelos e soluções pensados, a equipe discutirá a etapa operacional da reposição de atividades, em diferentes formatos.

QUEM PARTICIPA – Adiante, são apresentados os integrantes do grupo de trabalho e suas funções:

– Profª Adriana Braga, da Faculdade de Educação (FACED): suporte pedagógico para professores e estudantes;
– Prof. Ernesto Trajano, do Instituto UFC Virtual: suporte tecnológico à comunidade;
– Profª Ana Karine Bezerra, da Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem (FFOE): especificidades dos componentes de natureza prática dos cursos da área da saúde;
– Profª Cristina Paiva, do Centro de Ciências (CC): componentes práticos, como aulas de campo e de laboratório;
– Prof. Paulo de Tarso Oliveira, do Campus de Quixadá: representante dos campi da UFC no Interior;
– Profª Mazé Santos, coordenadora da Escola Integrada de Desenvolvimento e Inovação Acadêmica (EIDEIA): inovações do ensino;
– Profª Ana Paula de Medeiros, pró-reitora de Graduação;
– Profª Simone Borges, pró-reitora-adjunta de Graduação e também coordenadora-geral de Programas Acadêmicos da Pró-Reitoria de Graduação;
– Estudante: a ser definido pelas representações estudantis e pela PROGRAD.

Fonte: Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300