Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

FEAAC reúne pesquisas sobre covid-19 e agrupa lives que tratam do cenário pós-pandemia

Imagem: Fachada de um dos prédios da FEAAC (bloco de cinco andares e um térreo, de cor predominante rosa) (Imagem: Jr Panela/UFC)Professores da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC), da Universidade Federal do Ceará, reuniram as ações e os debates que vêm sendo desenvolvidos com relação ao novo coronavírus em uma página hospedada no site da unidade acadêmica.

Segundo o diretor da FEAAC, Prof. Paulo Matos, a ideia surgiu a partir da avaliação feita por docentes de que a crise sanitária viria acompanhada de uma crise econômica, sendo, portanto, necessário um envolvimento maior da faculdade nas discussões.

A página é dividida em três links. O primeiro deles abre espaço para pesquisadores apresentarem trabalhos relativos aos impactos do novo coronavírus. A mais recente nota técnica, por exemplo, é assinada pelo próprio Paulo Matos (FEAAC) e por Jaime de Jesus Filho (Tribunal de Contas do Estado). Eles investigaram a eficiência das medidas adotadas pelas 22 coordenadorias de saúde do Estado do Ceará no combate aos efeitos da covid-19.

"O que motivou o estudo não foi só o fato de o Ceará liderar os rankings de maus indicadores, mas o fato de, em termos de mortalidade, o Ceará ter uma das [taxas] mais elevadas. Até 16 de junho, 6,3% das pessoas que tinham casos confirmados de covid-19 no Ceará vieram a óbito", explica.

O trabalho destaca a situação da Coordenadoria Regional de Fortaleza, que, apesar de ser a unidade com a melhor infraestrutura hospitalar, foi a que se mostrou menos eficiente na capacidade de salvar vidas. Os dados são tratados de forma ponderada por habitante, para evitar distorções.

Há ainda estudos como o do Prof. Gildemir Ferreira da Silva, com o tema "Plano de retomada da economia cearense e a esperança no comportamento", que avalia o retorno das atividades do setor produtivo a partir da perspectiva da economia comportamental.

LIVES COM PERSONALIDADES – A FEAAC também reuniu um conjunto de lives semanais, que tratam de temas que vão do cenário fiscal à visão dos empreendedores sobre o momento econômico pós-pandemia. O projeto atende a uma demanda de professores da unidade que destacavam a necessidade de eles mesmos ouvirem e aprenderem com a experiência de agentes econômicos.

Na lista dos participantes, nomes como o do empresário Beto Studart; o do vice-presidente do setor privado do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Jorge Arbache; o do economista-chefe do BNB, Luiz Esteves; o do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Maia Júnior; e o da secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz.

Em um dos bate-papos, ainda em maio, quando Fortaleza começava a chegar ao platô de casos do novo coronavírus, os professores Fabrício Linhares e Luciana Reinaldo compartilharam a experiência de estar em um país estrangeiro em que a pandemia já se estabelecera havia mais tempo.

Fabrício está no Reino Unido para o pós-doutoramento e Luciana, na França, para a realização de doutorado. Todas as lives foram gravadas e estão disponíveis no canal da FEAAC no YouTube.

A terceira área da página ainda está em construção e pretende agrupar atividades de extensão desenvolvidas pela faculdade que tragam relação com a covid-19. Quatro delas já foram mapeadas.

Fonte: Prof. Paulo Matos, diretor da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300