Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Nota da Reitoria: a partida de nosso grande constitucionalista

ft 201030 paulobonavidesO mundo perdeu hoje uma de suas principais referências no constitucionalismo e na política. Mestre excepcional, estudioso renomado, homem de ideias firmes e inspiradoras, o Prof. Paulo Bonavides deixa-nos, aos 95 anos, com uma vasta obra jurídica e uma vida dedicada ao aperfeiçoamento republicano e democrático do País. 

Nascido em Patos (PB), em 1925, veio para Fortaleza bem jovem, em 1933, após a morte do pai. Aos 14 anos de idade, iniciou sua vida como jornalista, no jornal O Povo, de Demócrito Rocha. Em 1943, inicia seus estudos jurídicos na Universidade Federal do Rio de Janeiro, tendo ainda estudado Sociologia Jurídica na Universidade de Harvard.

No magistério, começou sua carreira no Instituto Justiniano de Serpa, tendo sido professor ainda do Seminário Românico da Universidade de Heildelberg, na Alemanha. No Brasil, começou a lecionar na Universidade Federal do Ceará em 1956, onde havia conquistado sua Livre Docência com a tese Dos Fins do Estado. Neste meio tempo, tornou-se um dos mais importantes constitucionalistas brasileiros, formando gerações de estudantes e influenciando de modo decisivo a cena acadêmica e pública nacional e, por que não dizer, internacional.

Sua vasta produção bibliográfica inclui trabalhos como Do Estado liberal ao Estado social, de 1961; A crise política brasileira, de 1969; Constituinte e Constituição, entre tantas e tantas que influenciaram gerações. Sua obra está fortemente associada às grandes questões político-constitucionais das últimas sete décadas, e ele nunca abriu mão de assumir o protagonismo desses debates, fazendo a defesa ferrenha da Constituição e lançando luz sobre aspectos que poderiam passar despercebidos do debate público, sem seu olhar único – não apenas aqui.

Conquistou admiração internacional, sendo escutado com atenção em vários círculos especializados quando a discussão envolvia as questões constitucionais. Não à toa, foi classificado pela Universidade de Coimbra como o "princípe do constitucionalismo da língua portuguesa". Por tudo isso, na nossa UFC, tornou-se professor emérito, em um justíssimo reconhecimento por toda sua história e pensamento.

Hoje, sua partida deixa a Universidade Federal do Ceará de luto. Ao mesmo tempo, a memória da firmeza de suas ideias, de seu profundo conhecimento, de sua dedicação ímpar e de seu engajamento com as gerações futuras nos servem de inspiração para reafirmar o compromisso com os ideais republicanos e constitucionais que ele tanto defendia.

Prof. Cândido Bittencourt de Albuquerque – Reitor

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300