Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Em reunião com reitor, presidente da CAPES sinaliza possível modelo descentralizado de financiamento

Imagem: Pesquisador operando um notebook no balcão de um laboratório de pesquisa (Foto: Viktor Braga/UFC)Em reunião virtual ocorrida na manhã desta sexta-feira (13), o reitor da Universidade Federal do Ceará, Prof. Cândido Albuquerque, e o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Benedito Guimarães Neto, discutiram o atual cenário da pós-graduação e reafirmaram a parceria entre a Universidade e o órgão de fomento. O destaque foi a sinalização de um possível modelo descentralizado para o financiamento dos programas de pós-graduação da UFC.

Atualmente, os programas de pós-graduação recebem recursos da CAPES por meio de duas fontes principais: o Programa de Excelência Acadêmica (PROEX), destinado aos programas avaliados pela CAPES com notas 6 e 7, e o Programa de Apoio à Pós-Graduação (PROAP), direcionado aos programas avaliados com notas de 3 a 5.

No caso do PROEX, geralmente os recursos são repassados diretamente às coordenações dos programas, possibilitando mais rapidez e efetividade no atendimento às demandas mais imediatas dos cursos. Agora, a possibilidade é que esse modelo passe a ser aplicado também ao PROAP, cujas verbas são hoje gerenciadas pelas pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) e de Planejamento e Administração (PROPLAD).

"Estamos estudando um mecanismo para agilizar a execução orçamentária", disse o presidente da CAPES, Benedito Guimarães Neto. A expectativa é que uma primeira experiência neste sentido ocorra já nos próximos meses, com o remanejamento, para o exercício 2021, de recursos do PROAP destinados à UFC que não puderam ser executados este ano devido à pandemia de covid-19. Detalhes referentes ao novo modelo deverão ser definidos em breve.

"A possibilidade que se anuncia, em uma construção junto à CAPES, é de uma descentralização desses recursos. É uma ação pioneira, que ainda está em estudo, mas houve essa abertura, fruto de um trabalho de aproximação e articulação bem executado pelo reitor e toda a equipe, levando à CAPES as principais demandas e necessidades da nossa pós-graduação", explica o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Jorge Lira.

"Chegamos a um bom termo. Foi uma reunião bastante proveitosa. Gostaria de agradecer à CAPES pelo diálogo e pela disponibilidade em, sempre que possível, atender os pleitos da UFC, sobretudo neste momento desafiador para todos", disse o reitor, Prof. Cândido Albuquerque.

Durante a reunião, o presidente da CAPES informou ainda que os indicadores para a concessão de bolsas de pós-graduação estão sendo revisados. A expectativa é que um novo modelo seja apresentado em dezembro.

Também participaram da reunião o pró-reitor de Planejamento e Administração, Prof. Almir Bittencourt, e o pró-reitor-adjunto de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Rodrigo Porto, além de outros membros da comunidade acadêmica. Pela CAPES, também participou a diretora de Programas e Bolsas daquela Coordenação, Zena da Silva Martins.

EXCELÊNCIA NA PÓS-GRADUAÇÃO ‒ Atualmente, a UFC tem três programas de pós-graduação que obtiveram nota máxima (7) na última avaliação quadrienal da CAPES, realizada em 2017. São eles: Física, Matemática e Engenharia Civil: Recursos Hídricos. Esses programas precisam demonstrar alta produtividade e qualidade em várias linhas de pesquisa simultaneamente. Além disso, outros sete programas possuem nota 6, o que equivale ao conceito de “excelência internacional”. São eles: Ciências Médicas, Enfermagem, Engenharia de Teleinformática, Engenharia Química, Farmacologia, Geografia e Química. Com esse resultado, a UFC tornou-se a universidade do Norte e Nordeste com mais cursos de padrão internacional: 10, o equivalente a 17% dos cursos avaliados.

Fonte: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação ‒ e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300