Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Time Enactus UFC, com o projeto Maní, é finalista de prêmio nacional de empreendedorismo social

O projeto Maní do Time Enactus da Universidade Federal do Ceará foi destaque entre os finalistas do Prêmio Sumitomo Chemical 2020, realizado anualmente em parceria com a organização Enactus Brasil. O concurso contempla iniciativas de impacto socioambiental positivo e sustentável em comunidades de todo o País. Dos inscritos de todo o País, o Time Enactus UFC ficou entre as oito equipes finalistas que ao longo deste ano passaram por treinamentos e avaliações com especialistas. Confira a lista dos vencedores.

Imagem: O Time Enactus UFC, com o projeto Maní, ficou entre os finalistas no Sumitomo Chemical 2020 (Foto: Divulgação)

A presidente do Time Enactus UFC, Sophia Marinho Câmara, informa que o projeto Maní tem atuação em casas de farinha no município de Pacajus, mas a intenção é estender o trabalho para todo o estado do Ceará. De início, foram detectados dois problemas nos locais: o descarte inadequado da manipueira, "resíduo tóxico gerado na prensagem da farinha de mandioca, que polui o solo e água da região por sua alta concentração de ácido cianídrico" pontua; e a baixa remuneração dos trabalhadores da casa de farinha. "Eles não trabalham com carteira assinada, recebendo apenas por dia trabalho e, além disso, o funcionamento da casa depende do cultivo da mandioca, que é sazonal, então em alguns períodos do ano ela está fechada e não há trabalho para os colaboradores", diz ela.

O projeto passou, então, a desenvolver ações nessas duas frentes. Para minimizar o impacto ambiental causado pelo resíduo tóxico, os integrantes do Time Enactus desenvolveram o Sistema de Tratamento da Manipueira, composto de quatro caixas d'águas e filtros de areia e coco. "Com a manipueira tratada, conseguimos utilizá-la para a fabricação de subprodutos como o molho de pimenta, que produzimos com duas comunidades: a Casa de Farinha Curimatã e a Associação Beneficente da Criança, do Adolescente e do Idoso de Pacajus (ABCAI). E o excedente que não conseguimos reaproveitar, nós podemos descartar de maneira correta uma vez que o ácido cianídrico já foi eliminado", relata. O molho de pimenta colabora para melhorar a renda nas comunidades.

Com o projeto Maní, inscreveram-se, assim, no edital Sumitomo Chemical, que abrange o desenvolvimento de iniciativas transformadoras pautadas pela consciência e ética no agronegócio, com alinhamento e coerência, boa gestão, impacto, escalabilidade e sustentabilidade.

ANO DESAFIADOR – Este ano tem sido difícil com a pandemia, mas eles não desanimaram e trabalharam arduamente. "Retornamos nossas atividades presenciais em setembro, quando os índices de mortalidade por covid-19 reduziram, e fomos com todo foco gerar nossos resultados", conta ela. O esforço vem compensando. "O Sistema de Tratamento da Manipueira estará em pleno funcionamento em janeiro de 2021 com capacidade de tratar até 4.000 litros por semana; aumentamos a produção dos molhos de pimenta para mais de 50 molhos mensais, gerando um lucro de R$ 498,00 para as comunidades e reaproveitando 48 litros de manipueira", detalha.

Para o ano que vem, a previsão é de mais ações exitosas: "Nossa expectativa é construir mais dois Sistemas de Tratamento da Manipueira, além de formular uma parceria com o Governo do Estado de modo a entregar mais sistemas de tratamento em outras casas de farinha. Com o Sistema já produzido, pretendemos tratar 140 mil litros e fazer a venda de 600 molhos", expressa a jovem presidente, com convicção.

A EQUIPE – Saiba quem são todos os integrantes do Time Enactus e seus respectivos cursos: presidente: Sophia Marinho (Engenharia Mecânica); líderes do projeto Maní: Sarah Rocha (Química) e Rafaela Pantuzzi (Zootecnia); membros do projeto: Ramon Lopes (Engenharia Elétrica), Gabriela Kogan (Engenharia de Energias Renováveis), Ana Paula Saldanha (Secretariado Executivo), Milena Maria (Zootecnia), Carmem Araújo (Engenharia de Alimentos), Clarice Souza, Thalya dos Santos e Carolina Reutiman (as três da Engenharia Ambiental).

SOBRE A ENACTUS – A Enactus é uma organização presente em 37 países que engaja alunos de diferentes instituições de ensino, com apoio de professores e líderes de negócios, para desenvolver projetos de impacto social. A organização beneficia comunidades locais por meio de modelos de negócios sustentáveis e proporciona aos alunos o aprendizado na prática. A rede Enactus possui mais de 120 times de universitários que desenvolvem 200 projetos em 22 Estados brasileiros, impactando a vida de mais de 77 mil pessoas.

Saiba mais nos perfis do projeto Maní e do Time Enactus UFC no Instagram.

Fonte: Sophia Marinho Câmara, presidente do Time Enactus UFC – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300