Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Primeira tese em cotutela da Química é defendida; pesquisa gerou potencial medicamento anti-hipertensivo

O Programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Federal do Ceará teve sua primeira tese de doutorado em cotutela defendida, no último dia 24 de novembro. De autoria do doutorando Edinilton Muniz Carvalho, o trabalho investiga o desenvolvimento de agentes com potencial atividade anticâncer, anti-hipertensiva e antituberculose, resultando em composto promissor para combate à hipertensão.

A cotutela é uma modalidade de doutorado em que o estudante mantém vínculo com duas ou mais instituições, desenvolvendo a pesquisa sob orientação de pesquisadores de países distintos. Neste caso, a cotutela foi feita em parceria com a Universidade Toulouse III  Paul Sabatier (UPS), da França.

Sob orientação dos professores Luiz Gonzaga de França Lopes e Eduardo Henrique Silva de Sousa, da UFC, e da Profª Vania Bernardes-Genisson, da UPS, a tese de Edinilton é intitulada Metallo-drugs as nitric oxide (NO) and/or nitrosyl (HNO) donors: development of new agents and investigation of anticancer, antihypertensive and antituberculosis activities.

Pesquisadores envolvidos no estudo: Vania Bernardes-Genisson, Luiz Gonzaga de França Lopes, Eduardo Henrique Silva de Sousa e Edinilton Muniz Carvalho

A pesquisa se pautou no estudo, com colaboração ainda da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), de propriedades terapêuticas de compostos à base de ferro com ação baseada na liberação de óxido nítrico (NO) e/ou nitroxila (HNO), duas moléculas de grande importância para nosso organismo.

Como resultado da pesquisa, destacou-se a ação anti-hipertensiva de uma pró-droga (fármaco administrado de forma inativa) derivada de ácido hidroxâmico. O potencial medicamento se mostrou promissor e menos tóxico quando comparado a outra droga liberadora de NO, administrada em pacientes em situação de emergência hipertensiva: o nitroprussiato de sódio (SNP).

"Apesar do uso clínico desse fármaco [o SNP], sua potente ação vasodilatadora e liberação de cianeto no organismo limitam seu uso. Em contrapartida, nosso composto apresentou ação vasodilatadora similar ao do SNP com baixa citotoxicidade, indicando tal formulação como um anti-hipertensivo em potencial", explica Edinilton.

O pesquisador considera que o estudo pode contribuir no combate a diferentes doenças, levando em conta a capacidade de liberação de NO e NHO dos compostos estudados. "Tais sistemas podem vir a ser utilizados como plataformas bases na produção de novos medicamentos promissores, não apenas com atuação em tratamento anticâncer e anti-hipertensivo, mas em outros segmentos terapêuticos como antibactericida e antiviral", acredita.

O estudo foi desenvolvido como parte do programa CAPES-COFECUB, acordo de cooperação interuniversitária entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a França, representada pelo Comitê Francês de Avaliação da Cooperação Universitária com o Brasil (COFECUB).

A sessão de defesa da tese ocorreu de modo remoto, concomitantemente nas duas instituições. Como membros do júri, estiveram: Maria da Conceição Ferreira de Oliveira (UFC); Pablo Machado (PUC-RS); Eric Benoist (UTPS); e Gilles Gasser (Universidade de Paris). Entre os convidados, estavam ainda Eduardo Henrique Silva de Sousa (UFC) e Remi Chauvin (UTPS).

GANHOS – Para o Prof. Luiz Gonzaga Lopes, a tese, da qual ele é orientador no Brasil, representa uma prova de que melhores desenvolvimentos para as pesquisas vêm a partir de parcerias como essa. "Através dessas parcerias, temos acesso ao que vem sendo feito de mais avançado, além do estabelecimento de cooperações que geralmente se estendem além do programa", diz.

"É fundamental a troca de conhecimentos e experiências entre as equipes de instituições diferentes. Todos os lados ganham quando se juntam as forças. Quando as instituições são de países diferentes, isso proporciona um ganho adicional, pois as estratégias de metodologias adotadas geralmente são diferentes", afirma o professor.

As publicações geradas a partir da pesquisa estão disponíveis no site do Programa de Pós-Graduação em Química.

SAIBA MAIS – A modalidade de pós-graduação em cotutela é uma das ferramentas de internacionalização utilizadas pela Universidade, ao promover parcerias com instituições ao redor do mundo. Atualmente, a UFC tem 25 acordos vigentes de cotutela em diversas áreas do conhecimento.

Por Kevin Alencar

Fonte: Programa de Pós-Graduação em Química da UFC – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300