Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Hospital Universitário lidera transplantes de fígado na rede pública

De acordo com o último relatório do Registro Brasileiro de Transplantes, da Associação Brasileira de Transplantes (janeiro a dezembro de 2011), dos 157 transplantes hepáticos realizados, ano passado, no Ceará, 124 aconteceram no Hospital Universitário Walter Cantídio, da UFC.

Hospital Universitário Walter CantídioDesde 1° de maio de 2002, já foram feitos 645. O número faz do HUWC o principal centro público de transplantes de fígado do Brasil e o segundo, se considerada a rede particular. Fica atrás apenas do Hospital Albert Einstein, de São Paulo. O Hospital Universitário é ainda o primeiro do Norte e Nordeste no número de transplantes em geral.

Em 2012, a unidade deve chegar ao milésimo transplante de rim, desde que iniciou o procedimento, em 1977. O RBT contabiliza para o HUWC 236 transplantes ano passado: 124 de fígado, 94 de rim, 17 de medula óssea e um de pâncreas. Este último começou a ser feito no ano passado. Para 2012, é projeto do Hospital iniciar os transplantes de córnea.

Para o Prof. Huygens Garcia, Chefe do Serviço de Transplante Hepático do HUWC, é um orgulho para aquela unidade hospitalar ser a primeira em transplantes de fígado não só pela estatística, mas pela contribuição que o HUWC dá ao país. “Recebemos pacientes do Pará, Acre, Amazonas e mesmo do Rio de Janeiro e São Paulo”, diz.

O Prof. João Batista Evangelista Jr., Chefe do Setor de Transplantes de Rim, lembra que a UFC é pioneira nesse procedimento. O transplante de rim realizado em 1977 foi o primeiro do Nordeste. Daquele ano até hoje, foram feitos 984.

O HUWC se destaca, também, por contar com o único Laboratório de Imunologia de Transplantes do Ceará, que permite a realização de testes de compatibilidade doador-receptor. Ele vincula-se ao Centro de Pesquisas de Doenças Hepato-Renais, criado em 1980. O Laboratório também faz exames de carga viral, o que possibilita o acompanhamento dos pacientes pós-transplante no que se refere à sua imunidade a determinados vírus.

Para o Prof. Henry Campos, Vice-Reitor da UFC e membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos, o número de transplantes feitos no HUWC é um marco para um hospital de ensino. O Hospital, observa, tem um papel importante como centro formador de profissionais da área de transplante para o Norte e Nordeste.

Henry destaca ainda o pioneirismo do Hospital Universitário com o trabalho dos grupos de pesquisa em transplantes e sensibilização da comunidade quanto à questão das doações. Foi da UFC, na gestão do Reitor Hélio Leite (1987 – 1991) que saiu a primeira campanha nacional de doação de órgãos, cujo slogan era “Quem ama doa”, informa Henry. O trabalho dos grupos de pesquisa em transplantes da UFC ao longo desses anos também é destacado é pelo Vice-Reitor.

Fonte: Prof. Henry Campos, Vice-Reitor da UFC - (Fone: 85 3366 7317)

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300