Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Começa curso sobre saúde pública com pesquisadores de Harvard

Imagem: Curso colaborativo conta com a participação de 30 estudantes de pós-graduaçãoFoi aberto na manhã desta segunda-feira (7), no auditório do Instituto de Promoção da Nutrição e do Desenvolvimento Humano (Iprede), o Curso Colaborativo em Saúde Pública, que conta com a participação de 30 estudantes de pós-graduação, dos quais 15 são da Escola de Saúde Pública de Harvard e 15 de universidades brasileiras. O curso, coordenado pela Universidade Federal do Ceará, pela primeira vez é realizado no Estado. As quatro edições anteriores aconteceram em Salvador (BA) e São Paulo (SP). As aulas serão direcionadas a temas como redução da mortalidade materna e infantil, leishmaniose, HIV/AIDS e tuberculose, bem como o papel de agentes comunitários na promoção da saúde.

No ato de abertura, a Profa. Márcia Tavares Machado, Pró-Reitora de Extensão da UFC, ressaltou a importância da realização do curso no Estado e informou sobre um simpósio sobre assuntos relacionados à primeira infância, nos dias 24 e 25 deste mês, aberto à comunidade acadêmica. À solenidade de abertura – que contou com apresentação do Coral da UFC  se fizeram presentes o Reitor Jesualdo Farias, o Vice-Reitor Henry Campos, o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Gil Aquino, e o Superintendente do Complexo Hospitalar da UFC, médico Florentino Cardoso.

O Reitor Jesualdo Farias disse ter a certeza de que reunidos "neste local emblemático em termos de saúde pública no Ceará, que é o Iprede", discutindo suas experiências, debatendo e avaliando desafios relacionados a alternativas de políticas públicas capazes de trazer melhorias nas condições de vida da população, "esta edição do Curso será uma das mais bem-sucedidas". Observou ainda que, além dos resultados imediatos, antevia no curso "a possibilidade de futuras colaborações capazes de promover, em nível local, a capacitação de profissionais, o aprofundamento da pesquisa científica e a melhoria das condições de saúde através de ações comunitárias em parceria".

Dentre os palestrantes e debatedores, o curso traz nomes de reconhecimento mundial na área da saúde, como Jamie Maguirre e John Rouben David, que pesquisam tuberculose e leishmaniose, respectivamente, e a brasileira Márcia de Castro, também do corpo docente de Harvard, referência nos estudos sobre malária. Uma das maiores especialistas do mundo em Direitos Humanos e Saúde, Sophia Gruskin, também estará no curso, bem como o britânico Rifat Atun, professor da Faculdade Imperial (Imperial College), de Londres, e especialista em redução da mortalidade infantil.

Confira aqui o perfil dos palestrantes convidados para o curso.

LEISHMANIOSE – O Prof. John Rouben David, especialista em leishmaniose, afirmou que no panorama mundial a doença ainda é muito importante, por não estar debelada Imagem: Prof. John David, especialista em Leishmanioseem muitos países, como o Brasil. Citou o trabalho do pesquisador brasileiro José Wellington Lima, que utiliza nos cães (agente transmissor) uma coleira impregnada com piretróide visando à redução da transmissão da leishmaniose visceral canina. O Prof. David disse que a coleira mostrou-se mais efetiva do que a eliminação dos cães soropositivos no estudo do pesquisador. Mas ressalta que o preço do equipamento ainda é empecilho para seu uso em larga escala. John David é professor honoris causa da UFC, título aprovado em 1990 e entregue no ano seguinte.

Profissionais e pesquisadores de saúde brasileiros participarão das aulas, palestras e debates, destacando-se: um dos principais estudiosos do País sobre HIV/AIDS, Aluisio Segurado; a coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Patrícia Jaime; o Diretor do Iprede, pediatra Sulivan Mota, dentre outros. O ex-governador do Ceará, Tasso Jereissati, do Instituto Queiroz Jereissati, será moderador de um dos debates.

METODOLOGIA – As aulas, em inglês, serão realizadas na sede do Iprede (Rua Professor Carlos Lobo, 15, Cidade dos Funcionários, Fortaleza), até o dia 23. As atividades incluem visitas a serviços de saúde, a organizações não governamentais, a áreas endêmicas para doenças infecciosas do Ceará e a secretarias de saúde. O curso se encerrará com um seminário sobre temas referentes à primeira infância (nutrição, mortalidade etc.), nos dias 24 e 25. Os estudantes que participarão do curso foram selecionados por comitê específico, formado por professores da UFC e de Harvard.

Fonte: Profª Márcia Tavares Machado, coordenadora local do Curso Colaborativo em Saúde Pública e Pró-Reitora de Extensão da UFC – fone: 85 3366 7452

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300