Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Fórum de Pró-Reitores divulga nota em defesa de programas de iniciação científica

O Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação, colegiado que reúne representantes de 233 instituições de ensino superior de todo o País, divulgou, nessa segunda-feira (8), nota pública em defesa da manutenção dos programas de iniciação científica e tecnológica. Ela será encaminhada ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Veja a íntegra:

"O Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (FOPROP) vem a público manifestar-se em defesa dos Programas Institucionais de Iniciação Científica (PIBIC, PIBIC-Af e PIBIC-EM) e Iniciação Tecnológica (PIBITI), dirigidos aos estudantes de graduação e de ensino médio.

O PIBIC é o programa mais antigo de bolsas de formação acadêmica do país, tendo cumprido, ao longo das décadas, um papel inquestionável na promoção da cultura da pesquisa na graduação e estimulando os jovens universitários a prosseguirem em seus estudos de pós-graduação e buscarem carreiras ligadas à pesquisa científica e tecnológica. As bolsas nutrem o primoroso processo de formação de jovens cientistas, despertando vocações e estimulando os jovens talentos a prosseguirem em seu processo formativo. O PIBIC tem sido uma política pública orgânica, capilarizada no âmbito das instituições e com grandes resultados.

Os resultados da Chamada 2016-2018, recentemente publicados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico geraram repulsa e indignação na comunidade acadêmica. Tais cortes comprometem a base do processo de formação em pesquisa nas instituições e a diminuição do número de bolsas implica, na prática, reduzir oportunidades e desperdiçar talentos.

Por entender que os efeitos são nocivos ao sistema nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, o FOPROP denuncia o corte de cerca de 20% das bolsas PIBIC, PIBIC-Af, PIBIC-EM e PIBITI e apela ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para que o orçamento da pasta, e em particular do CNPq, seja recomposto.

O Fórum considera que a política de cortes praticada representa uma grave miopia, por comprometer o presente e o futuro da ciência no Brasil. Portanto, o FOPROP solicita ao CNPq que sejam reconsiderados os cortes nas bolsas dos programas de formação científica e tecnológica dos jovens universitários e de ensino médio (PIBIC) do país".

Fonte: Prof. Antonio Gomes de Souza Filho, Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC – fone: 85 3366 9943

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo