Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Formada a 108ª turma da Faculdade de Medicina; 59 novos médicos colaram grau

Imagem: Formandos fazem juramentoO Reitor Henry de Holanda Campos, dirigindo-se aos graduandos em Medicina na solenidade de colação de grau, afirmou que a Universidade Federal do Ceará procura "torná-los mais do que médicos, mais do que especialistas em determinada área da Medicina. O que a nossa faculdade objetiva é o pleno desenvolvimento do aluno como ser humano".

O discurso foi proferido no início da noite desta quarta-feira (14), no auditório da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC), ocasião em que 59 estudantes graduaram-se em Medicina. Em nome dos concludentes, falou João Marcelo Matos Pereira de Oliveira e, pelo corpo docente, discursou a Profª Elizabeth De Francesco Daher, vice-coordenadora do Curso de Medicina.

Dizendo ter ficado apreensivo, temendo deixar de lado algum momento do que considera "os seis melhores anos de sua vida", por tê-los passados no ambiente "inspirador, mas também quente e abafado" do Campus do Porangabuçu, o graduando João Marcelo Oliveira iniciou sua fala agradecendo a Deus por ter a chance de comemorar a tão sonhada formatura.

Não podemos dizer que "concluímos os estudos", tendo em vista que um médico está sempre em busca de repostas, ressaltou. Lembrou, também, a Cerimônia do Jaleco, no início do curso, quando um dos professores afirmou que "o médico não se forma nunca, ele se gradua. O médico se forma a cada paciente".

Veja outras imagens da solenidade no Flickr da UFC

Assegurou que a 108ª turma a se formar em Medicina pela UFC "é forte e brilhante" e irá se destacar onde quer que exerça a profissão, citando os lugares onde colegas estarão a partir do próximo ano: Morada Nova, Mombaça, Natal, Salvador, São Paulo, Franca, Estados Unidos, Canadá e Cabo Verde.

Imagem: Mesa de autoridades acadêmicas na colação de grauHomenageada pela turma, escolhida para falar em nome do corpo docente, a Profª Elizabeth De Francesco Daher agradeceu a deferência, que a deixou "muito lisonjeada", e emocionou-se ao lembrar o dia 24 de novembro, quando foi comunicada sobre a homenagem. O convite veio acompanhado de uma carta em que os estudantes justificavam a escolha, por ser ela "uma professora que se igualou, que abraçou cada um".

Em sua fala, a Profª Elizabeth Daher expôs o que considera ser o exercício da Medicina, para ela, a "verdadeira arte do amor", que deve ser exercida com ousadia, cautela e, acima de tudo, com humildade. E complementou: "É uma profissão essencialmente ética e que nos cobra seriedade e serenidade".

Garantiu que a UFC estava entregando à sociedade, naquele momento, profissionais muito bem capacitados e pediu que os então médicos levassem "com orgulho e respeito o nome da nossa Universidade".

CERIMONIAL – A solenidade de colação de grau segue um ritual que começa com a entrada, em cortejo, do Reitor Henry Campos, acompanhado das demais autoridades acadêmicas que formam a mesa diretora dos trabalhos. A mesa teve a seguinte composição: Profª Márcia Machado, Pró-Reitora de Extensão; Profª Simone de Sá Borges, Pró-Reitora Adjunta de Graduação; Prof. Sebastião Diógenes Pinheiro, que deu nome à turma que se formava; Prof. Jorge Herbert Soares de Lira, Pró-Reitor Adjunto de Pesquisa e Pós-Graduação; Profª Valéria Goes Pinheiro, diretora da Faculdade de Medicina, além da Profª Elizabeth De Francesco Daher.

Imagem: Reitor Henry Campos discursa na colação de grauDepois dos discursos dos representantes discente e docente, a Pró-Reitora Adjunta de Graduação, Profª Simone Borges, entregou ao Reitor a lista com as assinaturas dos graduandos. Em seguida, o concludente Leonardo Duarte Sobreira Luna foi chamado a conduzir o Juramento de Hipócrates. Por fim, todos, de pé, ouviram o Termo de Colação de Grau proferido pelo Reitor.

Ao iniciar seu pronunciamento, o Prof. Henry de Holanda Campos saudou os presentes e, em nome de todos os formandos, citou Melissa Bhawmani Alves Lopes Almeida, de Cabo Verde, e Sunilde Waldemar Ie, da Nova Guiné, alunas do Programa Estudante Convênio de Graduação (PEC-G). O Reitor direcionou sua fala para o tipo de formação dada aos estudantes de Medicina na UFC, o qual prepara "um profissional que conhece nosso sistema de saúde e está capacitado a atuar no âmbito do SUS".

Salientou o Prof. Henry Campos que a formação ética do estudante é valorizada, "e ele aprende que a visão holística do paciente determina atenção não apenas aos males do corpo, mas também aos que se escondem na alma, às questões ambientais, às doenças relacionadas ao trabalho, a problemas como adição às drogas e as diversas formas de violência".

Finalizou desejando aos formandos êxito na carreira e como colega de profissão os felicitou e os abraçou fraternalmente. Afirmou ainda torcer para que se conduzam "sempre com a dignidade que a profissão médica requer", esperando "que exercitem o respeito humano, os valores humanísticos e que se orientem, a todo instante, pelos postulados da ética".

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fones: 85 3366 7331, 3366 7936 e 3366 7938

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300