Barra do Governo Federal

Procurar no portal

XIX Encontro da Rede de Estudos Ambientais em Países de Língua Portuguesa é aberto

Imagem: Mesa de abertura do eventoA abertura do XIX Encontro da Rede de Estudos Ambientais em Países de Língua Portuguesa (REALP) foi realizada na manhã desta terça-feira (12), no auditório do Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará. Com 140 inscritos no evento e 106 trabalhos científicos aceitos, distribuídos em 7 eixos temáticos, a programação do evento segue até sexta-feira (15) no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra.

A UFC integra a REALP desde 2015 e está realizando com o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (Prodema) a XIX edição do encontro, que conta com atividades acadêmicas, conferências, palestras, sessões temáticas, debates, reuniões e trabalho de campo em Fortaleza e Quixadá. A programação completa está no site oficial do evento.

Após a apresentação do Grupo Choro Acadêmico, do Instituto de Cultura e Arte da UFC, sob a regência do Prof. Marco Túlio Ferreira da Costa, a mesa de abertura foi formada. A presidente do XIX Encontro da REALP e coordenadora do Doutorado do  Prodema, Vládia de Oliveira, agradeceu o apoio recebido na organização do evento e cumprimentou todos os professores da REALP e Prodema presentes. "Destaco que nesse momento nós teremos a oportunidade de homenagear importantes autores das duas redes que estão preocupados com soluções para o problema das relações da natureza com a sociedade", afirmou.

Confira outras imagens da abertura do evento no Flickr da UFC

Imagem: Reitor Henry Campos discursa na abertura do eventoO reitor Henry Campos, após cumprimentos, lembrou algumas catástrofes ambientais pelo mundo e questionou "o que estaria acontecendo no planeta". Segundo ele, "nós já estamos vivendo dramaticamente os efeitos das mudanças do clima. O futuro chegou mais cedo do que se pensava. É hora de agir. Acredito que aqui, nesse XIX Encontro da REALP, nós estamos agindo. Estamos tentando entender o planeta, decifrar os recados que ele nos envia. Estamos ensaiando respostas ao tratar da cooperação científica na área do ambiente e do desenvolvimento sustentável entre países que experimentam as mesmas preocupações".

Participaram ainda da mesa de abertura, representando o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, a Profª Geane Matos de Andrade; o diretor do Centro de Ciências, Raimundo Nogueira da Costa Filho; a representante do secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará, Dóris Dayse Santos da Silva; a coordenadora do Mestrado Prodema, Profª Maria Elisa Zanela; e Andrea Queiroz de Maranhão, da Diretoria Internacional da Capes, além dos integrantes da REALP de Portugal, Profª Manoela Morais (Universidade de Évora), e do Brasil, Prof. João Nildo de Souza Viana (Universidade de Brasília).

Comemorando os 20 anos da Rede de Estudos Ambientais em Países de Língua Portuguesa (REALP) e 22 anos do Prodema, na ocasião também foram homenageados docentes e discentes pioneiros, entre eles o Prof. Paulo Pinto, da Universidade de Évora (Portugal), e ex-alunos da primeira turma que concluiu o mestrado do Prodema.

ENCONTRO – No Brasil, o último encontro da Rede de Estudos Ambientais ocorreu em 2014, na Universidade do Amazonas. A última versão do evento nos Países de Língua Portuguesa foi realizada em 2016, em Moçambique. Nos encontros são apresentados resultados de pesquisas científicas das 14 universidades que integram a rede, com discussões de temas atuais e espaço para consolidar intercâmbios.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7331

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo