Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Workshop do CCA reúne pesquisadores, empresas, bancos e agências de fomento

Imagem: Mesa de abertura do eventoCom a presença do reitor da Universidade Federal do Ceará, Prof. Henry Campos, foi aberto na manhã desta terça-feira (31) o I Workshop de Inovação do Centro de Ciências Agrárias da UFC, realizado no Auditório Alzir Barreto, do Departamento de Zootecnia, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza. O encontro prossegue até esta quarta-feira (1°) com a intenção de promover a integração dos grupos de pesquisa do CCA com empresas e organizações governamentais e não governamentais (ONGs) que atuam na área agrícola, além de bancos e agências de fomento para a viabilização de projetos de inovação.

O coordenador do workshop, Prof. Daniel Albiero, do Departamento de Engenharia Agrícola do CCA, diz que o evento representa uma quebra de paradigma ao trazer para a Universidade representantes de 44 empresas – locais, nacionais a multinacionais – para apresentarem suas demandas de negócios e conhecerem o potencial inovador dos grupos de pesquisas do CCA. "É uma das nossas missões levar a inovação para a sociedade, em parceria com as empresas e com o governo", assinala. Quanto aos recursos para financiar os projetos, ele revela que os bancos que se fazem presentes ao evento dizem que têm recursos muito bons para inovação.

"Precisamos ser cada vez mais uma universidade contemporânea, que forme para o mundo do trabalho, que forme preocupada em levar soluções para os problemas da sociedade", declarou o reitor da UFC, Prof. Henry Campos. Ele comentou que, em todo o mundo, a universidade, como centro de geração de conhecimento, está mudando. "Se antes a 'moeda' da universidade era o artigo, a publicação, agora é a patente, o licenciamento. É isso que vai nos diferenciar. É isso que vai facilitar a nossa inserção no cenário internacional", disse.

Imagem: O Prof. Henry Campos lembrou que o CCA tem tradição tanto na pesquisa como na busca da internacionalização (Foto: Divulgação/CCA)Ao parabenizar a direção do CCA e a coordenação do Workshop pela iniciativa, o Prof. Henry Campos lembrou que o CCA tem tradição tanto na pesquisa como na busca da internacionalização. Foi a primeira unidade da UFC que trabalhou no plano internacional em cooperação com a Universidade do Arizona (EUA), em uma parceria com muitos frutos.

O reitor afirmou esperar que o exemplo do CCA com a realização do workshop inspire outras unidades da UFC na trilha de levar a inovação para a sociedade. Ele garantiu apoio da Reitoria, da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e do futuro Parque Tecnológico da UFC ao que pesquisadores e empresas negociarem e acordarem ao longo do encontro. O reitor manifestou otimismo com a colaboração a ser dada pelos bancos e agências de fomento. Afinal, mesmo com a crise no Brasil, a UFC tem se destacado pelo trabalho. "Somos a melhor universidade pública do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, todos os indicadores estão aí para confirmar isso", ressaltou.

Em sua fala, a diretora do CCA, Profª Sônia Maria Pinheiro de Oliveira, lembrou que no próximo ano o CCA, originário da pioneira Escola de Agronomia, completará 100 anos, com o ensino e a pesquisa bem consolidados. "Nós temos os nossos cursos de graduação e pós-graduação com excelente avaliação externa feita pelo MEC, pela Capes". Tudo isso é motivo de alegria, declarou ao abrir o inovador evento, que contribui para que as ideias e pesquisas ali produzidas cheguem a toda a sociedade.

Imagem: O Prof. Antonio Gomes ressaltou que a UFC agora se movimenta cada vez mais para explorar o importante canal de conexão com a sociedade por meio da inovação (Foto: Divulgação/CCA)O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Antonio Gomes de Souza Filho, ressaltou que depois que a UFC consolidou a sua atividade de pesquisa e formação de recursos humanos, agora se movimenta cada vez mais para explorar o importante canal de conexão com a sociedade por meio da inovação. "Só assim a gente vai poder ter elementos claros e mensuráveis do quão importante é o papel da Ciência para o desenvolvimento econômico e, principalmente para o desenvolvimento social: transformar conhecimento em produtos, processos e políticas públicas com alto valor agregado, não somente financeiro, mas principalmente social", afirmou.

PROGRAMAÇÃO – Após a abertura oficial do workshop, a programação seguiu com palestras dos representantes de bancos e agências de fomento, que apresentaram as diversas possibilidades de editais e linhas de financiamento de projetos. Os primeiros a falar foram Paulo Resende, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e Denise Casselli, da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). Seguiram-se a eles representantes do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).

Imagem: Paulo Resende, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), palestrou no evento (Foto: Divulgação/CCA)Na programação da manhã, também ministraram palestras os professores da UFC Matias Coelho, do Centro de Inovação Tecnológica (CIT); Francisco Nepomuceno, do Comitê de Implantação do Parque Tecnológico; e Barros Neto, da Associação Técnico-Científica Engenheiro Paulo de Frontin (Astef).

A parte da tarde foi dedicada a palestras curtas dos representantes de 44 empresas, separados em duas sessões temáticas para apresentação de demandas tecnológicas e de negócios. Na Sessão I, empresas interessadas em projetos nas áreas de Engenharia Agrícola, Fitotecnia, Ciências do Solo e Economia Agrícola. Na Sessão II, companhias com interesse em Engenharia de Pesca, Engenharia de Alimentos, Zootecnia e Políticas Públicas.

Para esta quarta-feira (1º), está programado o esperado matchmaking, metodologia de negócios que compreende reuniões rápidas (cerca de 30 minutos) juntando os  representantes das empresas/ONGs e do CCA. Como explicou o Prof. Albiero durante a produção do evento, "a marcação das reuniões é realizada pelas empresas/ONGs que escolherão com quais grupos desejam fazer parceria e vice-versa; os grupos também podem marcar reuniões com as empresas/ONGs que lhes interessem".

Fonte: Prof. Daniel Albiero, do Departamento de Engenharia Agrícola do CCA e coordenador do workshop – fone: 85 3366 9763

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo