Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Pesquisadora de renome internacional ministra minicurso no Centro de Ciências da UFC

A maior autoridade mundial em hemeproteínas sensoras, Marie-Alda Gilles-Gonzalez, vai ministrar minicurso na Universidade Federal no Ceará nos dias 28 de novembro e 5, 12 e 19 de dezembro, sempre das 14h às 16h. Aberto ao público da graduação e pós-graduação, o minicurso Heme Proteins as Biological Switches (Hemeproteínas como comutações biológicas) será ministrado no Departamento de Química Orgânica e Inorgânica, no bloco 940 do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza.

Para participar, o interessado deve enviar e-mail para o Prof. Eduardo Sousa (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.), do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica da UFC, mencionando o interesse pelo assunto. O minicurso será no estilo de discussão de literatura, com leitura e debate de artigos a serem previamente enviados por e-mail.

A hemeproteína é um tipo de proteína que contém ferro e transporta e armazena oxigênio. Atualmente, diversas hemeproteínas sensoras foram descobertas em humanos, insetos, bactérias patogênicas, além de outros organismos vivos, sendo possíveis alvos farmacológicos e inseticidas, bem como potenciais ferramentas biotecnológicas.

Creditada pela descoberta e avanços nessa nova área de pesquisa, Gilles-Gonzalez identificou em 1991 o sensor de oxigênio FixL, responsável por coordenar o aparato de fixação de nitrogênio em bactérias do gênero Rhizobium. Posteriormente, descobriu outros sensores envolvidos em formação de biofilme bacteriano, sono-vigília em humanos, virulência bacteriana, processamento de RNA e latência em tuberculose, tendo sido ainda pioneira em investigar o papel-chave de um novo mensageiro molecular (c-di-GMP). Esses sistemas, além de apresentarem diversos papéis biológicos, contam com expressiva potencialidade terapêutica.

Ao todo, sete tópicos serão discutidos no minicurso: Evolution of sensors (Evolução de sensores), Structural folds and heme-iron coordination (Dobras estruturais e coordenação heme-aço), Non-standard coordination (Coordenação não padronizada), How do you identify a sensor biologically and biochemically: chronic responses (Como identificar um sensor biológica e bioquimicamente: respostas crônicas), How do you identify a sensor biologically and biochemically: acute responses (Como identificar um sensor biológica e bioquimicamente: respostas agudas), Timing of events in signal transduction and importance of full-length sensors: ligand binding (Temporização de eventos na transdução de sinal e importância de sensores de comprimento total: ligação) e Timing of events in signal transduction and importance of full-length sensors: slow events [conformational switches] (Temporização de eventos na transdução de sinal e importância de sensores de comprimento total: eventos lentos [comutações conformacionais]).

Gilles-Gonzalez, professora associada do Departamento de Bioquímica da Universidade do Texas Southwestern Medical Center, em Dallas, Estados Unidos, é a responsável pela descoberta e avanços da área de pesquisa hemeproteínas sensoras. Durante seu doutorado no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), foi orientada por Gobind Khorana, que ganhou o Prêmio Nobel de 1968 ao decifrar o código genético. Durante seu segundo pós-doutorado, no MRC Laboratório de Biologia Molecular na Universidade de Cambridge, foi orientada por Max Perutz, Prêmio Nobel de 1962 por seus estudos das estruturas da hemoglobina e mioglobina.

Na UFC, Gilles-Gonzalez é pesquisadora visitante do Ciência sem Fronteiras, envolvida em projeto de colaboração com o Laboratório de Bioinorgânica do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica.

Fonte: Prof. Eduardo Sousa, do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica – fone: 85 3366 9938 / e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo