Barra do Governo Federal

Procurar no portal

UFC se sente recompensada em entregar profissionais qualificados, diz Reitor

Imagem: Concludente faz o juramente de frente para o ReitorO Prof. Henry de Holanda Campos, Reitor da Universidade Federal do Ceará, no discurso que fez na solenidade de colação de grau na noite da última quinta-feira (16), assegurou que, "se os formandos realizam o sonho de conquistar o diploma de nível superior, nós da UFC também nos sentimos recompensados e orgulhosos porque estamos entregando à sociedade mais um contingente de profissionais altamente qualificados". Cerimônica contou com 655 concludentes de 56 cursos dos campi de Fortaleza.

Na visão do Prof. Gerardo Silveira Viana Jr., do Curso de Música, orador representante do corpo docente, os professores aprendem muito na convivência com os alunos. "A principal lição que nos é dada diz respeito à necessidade contínua de nos reinventarmos enquanto docentes a cada ano letivo. Cada nova turma de estudantes nos traz desafios inéditos e necessidades peculiares, que rapidamente tornam obsoleta qualquer metodologia porventura já sedimentada", admitiu o orador representante dos professores.

Imagem: O Prof. Gerardo Silveira Viana Jr., do Curso de Música, foi o orador representante do corpo docenteAo discursar em nome dos formandos, Sérgio Marcelo da Rocha Jr., do Curso de Educação Física, reconheceu que, embora a aprendizagem seja o ponto de partida, seria "muito vago falar somente de conhecimento científico nessa trajetória, pois ele é apenas uma parcela de uma experiência muito maior que foi essa aprendizagem". Para Sérgio Marcelo, "o mais valioso na Universidade é entender que o conhecimento se torna mais rico quando dialoga com a sociedade. Falo de aprender e levar a aprendizagem para a vida", enfatizou.

Veja outras imagens da colação de grau no Flickr da UFC

BRASIL MELHOR – O Reitor Henry Campos disse estar certo de que cada um dos concludentes, dentro em breve, contribuirá, "com seu trabalho e suas ideias, para a construção de um Brasil melhor, um país assentado no conhecimento técnico e científico e nos valores da convivência democrática, da solidariedade, do respeito aos direitos humanos, da ética, da cidadania e de uma cultura da paz". Ele acredita que são essas as lições que a universidade pública de qualidade repassa a seus alunos.

Imagem: Sérgio Marcelo da Rocha Jr., do Curso de Educação Física, falou em nome dos formandosDEMOCRÁTICA – Seguindo o Prof. Gerardo Viana Jr., constatar a democratização da UFC é motivo de alegria. Ele lembrou que "ações como a interiorização dos campi, a valorização dos cursos de licenciatura, a ampliação de vagas nos cursos e o sistema de acesso por cotas, entre outras, têm permitido que a oportunidade de fazer um curso superior – que é um direito e não um privilégio – esteja ao alcance de um grupo cada vez mais amplo de jovens advindos de diversas realidades econômicas e sociais".

RESPEITO – Sérgio Marcelo Jr. disse ter compreendido que "viver a Universidade também é aprender sobre o respeito ao outro e respeito a nós mesmos. Junto com esse respeito você entende a importância da liberdade". E parabenizou todos os formandos, "cada qual com sua história, com sua trajetória".

Ao concluir o pronunciamento, afirmou que era um momento de saudade das "experiências boas e até das ruins". Agradeceu aos familiares, amigos e, em especial, aos professores por suas lutas diárias para garantir o processo de ensino-aprendizagem.

Imagem: Reitor discursa na solenidade de colação de grauDEVOTAMENTO – O Reitor Henry Campos, que presidiu e fez o discurso de encerramento da solenidade, logo após conferir o grau aos formandos, destacou o fato da sociedade estar entendendo a dimensão do devotamento da UFC à causa do ensino superior público de qualidade. "Desde 2012, a Universidade atrai a preferência dos que a procuram através do Sistema de Seleção Unificada (SISU)". E enfatizou que, "só neste ano, foram abertas nada menos de 6.288 vagas nos cursos presenciais, traduzindo o fato de que esta Casa está cada vez mais receptiva e mais atenta a seu papel social", complementou.

Por fim, desejou que a UFC, se consolide ainda mais como referência acadêmica nacional e se fortaleça como referência afetiva no coração dos cearenses para receber os filhos dos que colavam grau naquele momento.

A UFC TV esteve presente na colação de grau e conta histórias de superação e emoção vividas por alguns dos 655 concludentes, agora profissionais formados. Confira a reportagem:

SOBRAL – Nesta sexta-feira (17), a partir das 18h, no auditório do bloco I do Campus Mucambinho, colarão grau 36 formandos dos cursos de Psicologia e Música do Campus da UFC em Sobral. Os oradores representantes dos professores e estudantes serão, respectivamente, o Prof. João Emanuel Ancelmo Benvenuto e Genilffson Cunha de Araújo, ambos do Curso de Música.

As solenidades de colação de grau de quinta (16) e sexta-feira (17) são voltadas a estudantes que precisaram fazer reposição de aulas devido à greve na UFC em 2016. Em janeiro, 1.050 concludentes já haviam colado grau na Instituição.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fone: 85 3366 7331

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo