Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

"A Universidade que vivi", de René Barreira e Italo Gurgel, é lançado hoje (22) na Reitoria

Imagem: Livro será lançado na quinta-feira, nos Jardins da Reitoria (Imagem: divulgação)O último ano de reitorado do Prof. René Barreira na Universidade Federal do Ceará (2003-2006) em nada lembrava o início de sua gestão: o pessimismo e a crise financeira na Instituição cediam espaço para a inauguração de obras, crescimento, aquisição de equipamentos e laboratórios. O cenário universitário dava sinais de alvorecer.

Os detalhes dessa trajetória são narrados no livro A Universidade que vivi, escrito pelo ex-reitor René Barreira e pelo assessor de Comunicação Institucional da UFC, o jornalista Italo Gurgel, a ser lançado nesta quinta-feira (22), às 19h, nos jardins da Reitoria. A apresentação será feita pelo reitor da UFC, Prof. Henry Campos.

Segundo Italo Gurgel, a gestão de René Barreira ficou marcada por, entre outros pontos, medidas de economia que tiveram de ser aplicadas para garantir o crescimento da Universidade. Mas, para além disso, sua marca mais forte foi a expansão. "O processo iniciado pelo antecessor, Prof. Roberto Cláudio, que instalou extensões do Curso de Medicina em Sobral e Barbalha, foi ampliado por René Barreira, ao criar os campi de Sobral e Cariri", relembra o jornalista e autor.

No fim do mandato, uma terceira unidade – o Campus de Quixadá – já estava com seu projeto avançado. René não disputou a reeleição na Universidade, pois, a convite do governador Cid Gomes, assumiria, no início de 2007, a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, abreviando em seis meses seu reitorado.

A OBRA – Além de constituir um registro importante da história da UFC ao longo dos anos em que René foi docente e gestor da Universidade, a narrativa em primeira pessoa feita pelo ex-reitor inclui lembranças sobre seu envolvimento na política estudantil ainda nos tempos de colégio e sobre as perseguições sofridas durante a ditadura militar. Sua contribuição para o movimento docente tanto no Centro de Humanidades quanto na administração superior também é destacada.

No fim de A Universidade que vivi, o leitor conferirá diversos depoimentos de pessoas que com o Prof. René conviveram, abordando seu perfil, sua maneira de ser, de se relacionar com as pessoas e de resolver problemas cotidianos.

A Universidade que vivi resulta de depoimento em primeira pessoa recolhido pelos jornalistas Italo Gurgel e Marco Antonio Vasconcelos ao longo de várias horas de conversas gravadas.

"Transparente e despojado, o relato de René Barreira é mais uma contribuição para a história da UFC, instituição sexagenária, que vem sendo construída por sucessivas gerações de cearenses e cuja dimensão, em nossos dias, muito se deve ao aporte trazido por aqueles que tomaram assento na cátedra inaugurada, em 1955, pelo Reitor dos Reitores, Antônio Martins Filho", afirma Italo Gurgel, no prefácio da obra.

Fonte: Italo Gurgel, assessor de Comunicação Institucional da UFC fone: 85 3366 7328

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300