Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Medicina de Sobral realiza colação de 39 alunos e atinge a marca de 500 formados

Imagem: A emoção marcou a solenidade de colação de grau do Curso de Medicina de Sobral (Foto: Anne Caroline Costa Araújo/UFC)Em solenidade marcada por muita emoção, o Curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará em Sobral realizou, na noite da última sexta-feira (8), a colação de grau de 39 novos médicos. Com essa turma, o curso soma 500 profissionais entregues à sociedade desde sua criação, em 2001. A cerimônia, presidida pelo reitor da UFC, Henry Campos, ocorreu no auditório daquele curso.

Dirigindo-se aos formandos, o reitor os conclamou a conduzir o diploma da conceituada Instituição com orgulho. "Ele traduz a mais notável vitória intelectual de suas vidas. E podem orgulhar-se da faculdade e da Universidade onde viveram dias felizes, de imensuráveis realizações." Tratando-os como "colegas médicos", disse ainda: "Exercitem o respeito humano, os valores humanísticos, e orientem-se, a todo instante, pelos postulados da ética".

Em seu discurso, o reitor fez também um histórico do processo de interiorização da Faculdade de Medicina da UFC, com a implantação dos cursos em Sobral, na zona norte, e Barbalha, no sul do Estado. Este último passou a integrar a Universidade Federal do Cariri, quando foi criada, em 2013. Comentou ainda sobre os festejados 70 anos da Faculdade de Medicina, comemorados neste ano, e os desafios e conquistas da UFC, que hoje se destaca em diversos rankings nacionais e internacionais.

Imagem: foto do orador discente CONSCIÊNCIA E AMOR – Em nome dos concludentes, Rodrigo da Silva Santos falou sobre a consciência que os novos médicos têm sobre as dificuldades de exercitar a profissão num contexto "em que há uma descaracterização absurda da saúde pública, com infraestrutura precária e superlotação, sistema fragilizado pela corrupção e pelo descaso de muitos governantes".

Afirmou, com convicção, que os concludentes darão a resposta ao que este mundo precisa, pois se sentem bem capacitados. "Temos dentro de nós o potencial de mudança, nas palavras de Martin Luther King: 'Nós precisamos descobrir a força redentora do amor e, quando fizermos isso, faremos desse velho mundo um mundo novo'."

Fez ainda uma analogia com um pensamento do mestre indiano Osho acerca da necessidade de coragem no momento em que o rio completa sua jornada e se entrega ao mar. Para os estudantes, agora profissionais, não há mais volta. É seguir em frente: "O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente quando entrar no oceano é que o medo desaparece porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano".

Citou também um trecho bíblico do Eclesiastes de Salomão, sobre para tudo haver um tempo e um propósito. O orador discente foi aplaudido de pé pelo público. A emoção tomou conta dos presentes e muitos estudantes choraram ao fim de seu discurso, quando declarou: "Que todos as formas de vida se beneficiem em todas as esferas e que os méritos de nossa prática se estendam a todos os seres. Amém, axé, aleluia, auerê".

Imagem: foto do orador docenteRESPONSABILIDADE – O orador docente, Cícero Silvério de Paiva, ficou muito emocionado ao falar da responsabilidade de formar médicos e de sua relação de ensinar e aprender com os alunos. Disse que aprendeu muito com todos e os alertou: "As dificuldades vão surgir como em qualquer profissão. E digo: trilhem o caminho do aperfeiçoamento contínuo e da bondade, que serão sempre reconhecidos". Ele deixou outra orientação: "Nós, médicos, trabalhamos muito e, muitas vezes, sem nenhum amparo das leis trabalhistas. Portanto, lutem por seus direitos e sejam éticos nas relações com seus colegas".

Compuseram a mesa principal da solenidade, além do reitor Henry Campos, o pró-reitor de Graduação, Cláudio Marques; o diretor do Campus de Sobral, Vicente de Paulo Teixeira Pinto; o vice-diretor do Campus de Sobral, João Guilherme Nogueira Matias; o vice-diretor da Faculdade de Medicina, Francisco das Chagas Medeiros; o secretário da Saúde de Sobral, Gerardo Cristino Filho; e o orador docente.

Imagem: foto do reitor Henry CamposNa mesa secundária, ficaram os professores do Curso de Medicina: Lissiana Magna Vasconcelos Aguiar, vice-coordenadora do Curso de Medicina de Sobral; Elcineide Soares de Castro, vice-coordenadora do Curso de Medicina de Fortaleza; Fabiano Fazanaro; José Roberto Frota Gomes Capote Júnior; e Karine Magalhães Fernandes Vieira.

Fonte: Curso de Medicina de Sobral ‒ fone: 88 3695 4703

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300