Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Prof. Roberto Pontes é homenageado no Congresso Internacional de Literaturas e Culturas Africanas

Imagem: A entrega do Prêmio GRIOTS 2018 ao Prof. Roberto Pontes foi feita pela Profª  Izabel Nascimento, docente da UFRN e coordenadora do congresso (Foto: Divulgação/GRIOTS)s)O poeta e professor da Universidade Federal do Ceará Roberto Pontes foi um dos homenageados do IV Congresso Internacional de Literaturas e Culturas Africanas (GRIOTS), na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com o Prêmio GRIOTS. O evento foi realizado no período de 19 a 21 de novembro.

A homenagem e o prêmio lhe foram atribuídos pela dedicação às literaturas africanas de língua portuguesa. "Em 2003 passa a lecionar Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, disciplina que implantou no Curso de Letras da UFC. Pontes faz parte do grupo pioneiro dos estudos de literaturas africanas no Brasil", justificaram os organizadores para a concessão do prêmio.

O estudo da matéria vem a partir de sua dissertação de mestrado, Literatura insubmissa afrobrasilusa, primeira a ser defendida no Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGLetras) da UFC, publicada em livro em 1999 pelas Edições UFC e Oficina do Autor. Roberto Pontes também é autor do livro-texto Literaturas africanas de língua portuguesa, do Instituto UFC Virtual, e foi o primeiro coordenador da disciplina no Curso de Letras da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

OUTROS HOMENAGEADOS – Além do poeta e professor Roberto Pontes, receberam a homenagem e o prêmio durante o evento o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, representado pela senadora e governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; a escritora moçambicana Paulina Chiziane; o poeta e professor piauiense Elio Ferreira; e os cantores e compositores paraibanos Cátia de França e Chico César.

Também foram agraciados com a homenagem, em preito póstumo, a mestra de cultura popular e cantadora de romances tradicionais de origem medieval Dona Militana, de São Gonçalo, no Rio Grande do Norte, representada pelos brincantes do Congo de Combate do mesmo município potiguar; a vereadora Marielle Franco; o capoeirista Mestre Moa do Katendê; e a líder negra Teresa de Benguela, que teve sua imagem como marca do evento. O congresso foi coordenado pelas professoras da UFRN Tânia Lima e Izabel Nascimento.

Fonte: Profª Elizabeth Dias Martins, do Departamento de Literatura do PPGLetras da UFC – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300