Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Estudante da pós-graduação conquista 2º lugar em prêmio nacional com trabalho sobre Direito Ambiental

Estudante Adriana Sá LeitãoA estudante Adriana Sá Leitão, do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade Federal do Ceará, alcançou o segundo lugar, na categoria estudante de mestrado, do IX Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva, promovido pelo Instituto O Direito por Um Planeta Verde (IDPV). O prêmio tem abrangência nacional e condecora os três melhores ensaios acadêmicos inéditos em sete categorias, na área do Direito.

Sob a orientação da Profª Tarin Mont'Alverne, do Departamento de Direito Privado da Faculdade de Direito (FADIR) da UFC, o trabalho, intitulado "A crise da covid-19 como impulsor para o agravamento da poluição marinha por plásticos: o efeito reverso das medidas de proteção sanitária na saúde humana", tem o objetivo de alertar sobre os riscos que envolvem a utilização de plásticos, em especial os descartáveis, que tiveram o uso intensificado após a eclosão da pandemia da covid-19, devido às medidas de prevenção estipuladas pelas autoridade sanitárias. O resultado da premiação foi divulgado no último dia 21.

Segundo Adriana Sá Leitão, o trabalho demonstra que "o uso de plásticos oferece riscos não somente ao meio ambiente, mas à saúde humana. Por isso, devem ser adotadas medidas de redução e difundidas ações de conscientização social nesse sentido". Para ela, "alcançar a segunda colocação no prêmio, dentre todos os trabalhos submetidos por todo o País, demonstra não somente o reconhecimento da qualidade do estudo desenvolvido na UFC, mas a relevância do tema, que é de extrema atualidade".

PRÊMIO – Em 2020, os Congressos de Direito Ambiental têm abordado o tema "Meio Ambiente e Saúde – o equilíbrio ecológico como essencial à sadia qualidade de vida". A partir disto, o Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva propôs subtemas relativos ao assunto, entre eles Poluição e o Impacto na Saúde, escolhido pela estudante Adriana Sá Leitão.

O objetivo do prêmio é propiciar o amadurecimento do Direito Ambiental e fortalecer a efetividade do sistema normativo, estimulando a pesquisa crítica e o enfoque transdisciplinar, bem como a formação de novos operadores do Direito, conscientes dos valores em consolidação em relação à proteção jurídica do meio ambiente. São premiados os melhores ensaios acadêmicos em sete categorias: estudante de graduação; estudante de especialização; estudante de mestrado; estudante de doutorado; especialista; mestre e doutor.

Fonte: Adriana Sá Leitão, estudante do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFC – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300