Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Biografia de Eusélio Oliveira e convênio marcam solenidade de 45 anos da Casa Amarela

Jornalista Beatriz Jucá autografa livro sobre Eusélio OliveiraArte e vida que se misturam em um percurso pleno de realizações. Assim foi o enredo da trajetória do cineasta Eusélio Oliveira, o grande homenageado, na noite no último dia 7, na solenidade de 45 anos de um dos mais tradicionais equipamentos culturais da Universidade Federal do Ceará: a Casa Amarela Eusélio Oliveira. O evento ocorreu nos jardins da Reitoria e marcou o lançamento do livro Saravá! Eusélio, escrito pela jornalista Beatriz Jucá, e que narra a biografia e o legado de um dos pioneiros do cinema no Ceará.

Em 230 páginas e impresso pelas Edições UFC, o livro traz relatos, fotografias, cartas e entrevistas que delineiam a personalidade vívida de Eusélio e suas criações, que se misturam com a história do audiovisual cearense. "A gente tenta compreender a figura do Eusélio, tem a questão pessoal, até porque ele misturava muito a parte profissional com a pessoal, parecia ser uma coisa só. A partir da história dele, tentamos pinçar pontos do desenvolvimento do cinema cearense, das contribuições e alguns projetos que ele tinha. Quando comecei a mergulhar mais no processo, acho que senti um pouco do que todo mundo que conheceu o Eusélio sentiu: tinha hora que eu achava que ele era uma pessoa espetacular, tinha hora que eu sentia raiva. Ele me deixou muito essa marca da contradição que ele era e que vivia", comentou Beatriz Jucá.

Integrando as festividades dos 45 anos da Casa Amarela, além do livro, um documentário homônimo sobre o cineasta está sendo produzido. "A ideia é que o filme abra o Cine-Ceará no ano que vem", anunciou o diretor da Casa Amarela, Wolney Oliveira. Outra ação da Casa, anunciada pelo diretor, é a criação de um memorial do cinema cearense, em fase de projeto. "Será uma ampliação definitiva da Casa Amarela. Claro, sem tocar no casarão. Foi aprovada a licitação do projeto arquitetônico, algo em torno de R$ 5 milhões", detalhou.

Na ocasião, ainda foi reafirmado convênio entre a UFC, através da Casa Amarela, com a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará para a realização de cursos de cinema de animação em unidades do sistema penitenciário cearense, em 2017. Assinaram o documento o Reitor da UFC, Henry Campos; o diretor da Casa Amarela, Wolney Oliveira; e o Secretário da Justiça e Cidadania do Ceará, Hélio Leitão. Este ano, 60 alunos foram beneficiados, 20 no presídio feminino e 40 no presídio masculino.

Veja outras imagens do evento no Flickr da UFC

PIONEIRISMO – "Profissional brilhante, entusiasta e idealista", assim foi definido o professor Eusélio Oliveira pelo Reitor Henry Campos. Ele destacou o espírito desbravador do cineasta, que ao impulsionar a criação da Casa Amarela e suas atividades de formação de realizadores e de público, plantou a semente de um dos mais ativos polos culturais de Fortaleza. "Ao comemorar os 45 anos de fundação da Casa Amarela, estamos aqui, de fato, celebrando a própria história de nossa Instituição, pois Casa Amarela e UFC cresceram juntas. São décadas de contribuição daquele equipamento para que o campus do Benfica se tornasse o importante polo cultural da cidade, onde todas as artes tomam acento em um ambiente de crítica e reflexão, mas, sobretudo, de liberdade criativa. Tudo isso traz a marca de um homem, não é por acaso que esse núcleo tão rico e pulsante se chama Casa Amarela Eusélio Oliveira", afirmou.

O Reitor também exaltou a memória de Eusélio como defensor de ideais libertários e, também, da universidade pública. "Ao festejarmos os 45 anos da Casa Amarela impõe-se dirigir nosso pensamento para Eusélio, reverenciar seu nome, aplaudir sua obra, e impõe-se também rever os fatos ligados ao seu desaparecimento e, sobretudo, não nos resignarmos com a impunidade. Que o 45º aniversário da Casa Amarela seja um marco na luta pelos ideais libertários que Eusélio defendeu, pela legalidade constitucional em nosso país, pelo respeito à universidade pública, pela dignidade e pela justiça", declarou.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7331

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300