Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

UFC é primeira do Brasil em ranking britânico sobre desenvolvimento sustentável

Imagem: Estudantes sorrindoO ranking britânico da Times Higher Education (THE), um dos mais importantes do mundo, avaliou, pela primeira vez, como universidades de 76 países têm contribuído para igualdade de gênero, ações climáticas, redução das desigualdades, entre outros aspectos sociais. E a Universidade Federal do Ceará, mais uma vez, confirma seu protagonismo. Das 15 brasileiras no ranking, a UFC desponta em 1º lugar, empatada com três instituições de São Paulo.

O University Impact Rankings 2019, da THE, avaliou 462 universidades em 11 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Trata-se de diretrizes socioeconômicas cujo intuito é erradicar a pobreza, proteger o planeta e promover a paz até 2030. Essa é a primeira vez que um ranking global tem como foco tais aspectos, utilizando como base comparativa três grandes áreas: pesquisa, extensão e gestão.

Se ranqueadas apenas as universidades brasileiras, a UFC aparece no topo, com pontuação 75,6, ao lado de três instituições paulistas: Universidade Federal do ABC, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Universidade Nove de Julho.

Dos 11 objetivos avaliados, a UFC ocupa a primeira colocação nacional em três: Trabalho Decente e Crescimento Econômico (sendo a 22ª universidade do mundo neste aspecto), Consumo e Produção Responsáveis (67ª no ranking global) e Ação Climática (82ª do mundo). Em Igualdade de Gênero, a federal do Ceará está em segundo lugar, assim como em Consumo e Produção Responsáveis. Destaque também para os itens Redução das Desigualdades e Saúde e Bem Estar, nos quais garante a 3º posição. Em todos os outros objetivos, a UFC se posiciona em 3º ou 4º lugar do Brasil.

Das 15 instituições brasileiras que aparecem na lista, 10 são públicas (7 federais e 3 estaduais). A UFC é uma das 200 melhores do mundo e aparece na faixa de universidades posicionadas entre a 101ª e a 200ª colocação global (a THE não cita as posições específicas das universidades após a 99ª colocação), entre as 462 avaliadas. Os dados usados na pesquisa se referem ao período de 2013 a 2017.

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) também aparece na lista, ocupando a faixa entre 300ª e a 400ª posição no ranking global.

Imagem: Exame oftalmológicoORGULHO E RECONHECIMENTO – A notícia sobre o destaque da UFC foi recebida com orgulho e alegria na Universidade. O reitor Henry Campos, durante evento na manhã desta sexta-feira (5) realizado na Reitoria, afirmou que a posição da UFC é resultado do trabalho comprometido da comunidade acadêmica. "Cada vez mais, as pessoas estão assumindo o compromisso com o que se chama de social accountability, de prestação de contas à sociedade, devolvendo em serviços o investimento que nela é feito", afirmou.

É a primeira vez que o THE avalia ações de extensão das universidades. O Prof. Henry Campos destacou esse aspecto, apontando projetos como o Instituto Primeira Infância (IPREDE), um dos maiores projetos de extensão da UFC, referência internacional em saúde na primeira infância. Lembrou, ainda, conquistas recentes, como a instalação da Comissão de Direitos Humanos da UFC, a atuação da Universidade nas Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS), nas comunidades do Bom Jardim, Poço da Draga e Pici, entre outras.

Como o reitor destacou, a UFC também está prestes a lançar um campus avançado no bairro Bom Jardim, onde implementará uma série de ações de extensão integradas.

"Tudo isso indica caminhos de transformação da vida das pessoas. Que continuemos na luta por uma universidade democrática, plural, dinâmica", comemorou, destacando a importância das parcerias estabelecidas entre a Universidade, o Governo do Estado e muitas outras instituições nacionais e internacionais.

Quem também manifestou orgulho e honra pelo reconhecimento foi a pró-reitora de Extensão da UFC, Márcia Machado. Ela lembrou que, de 2012 a 2019, o número de projetos extensionistas na Universidade duplicou, passando de 612 para mais de 1.200.

Imagem: Estudante planta muda de árvoreSegundo ela, cursos que, antes, demonstravam dificuldades em implementar projetos nesse setor, como a Física e a Química, foram estimulados a pensar iniciativas – como a atuação em escolas da rede pública com projetos sobre o ensino dessas disciplinas.

"Isso é fruto de um trabalho coletivo, focado em planejamento, que tem a preocupação em ser sustentável. A extensão da UFC está, hoje, em todas as cidades do Ceará. Isso reverbera na melhoria de indicadores sociais", avaliou.

MAIS SOBRE O RANKING – A mais recente lista do THE é liderada pela Universidade de Auckland, na Nova Zelândia. O Japão é o país mais representado na tabela, com 41 instituições, seguido pelos EUA, com 31, e Rússia, com 30. Detalhes sobre o ranking podem ser conferidos no site da Times Higher Education.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fone: (85) 3366 7331

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300