Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Pesquisa mapeia situação de estudantes e servidores na pandemia; prazo para responder segue até 31/05

Imagem: Mãos de uma pessoa digitando no teclado de um notebook; ao fundo há um computador de mesa (Foto: Divulgação)A pandemia de COVID-19 alterou a rotina de toda a Universidade Federal do Ceará. Por um lado, o trabalho remoto e o atendimento on-line passaram a ser uma realidade para servidores técnico-administrativos. Já estudantes e professores têm buscado se adaptar a novos modelos de ensino-aprendizagem, enfrentando desafios de várias naturezas.

Ciente da diversidade de situações surgidas neste contexto, a UFC está realizando uma ampla pesquisa institucional para mapear em detalhes a situação da comunidade universitária, suas condições de saúde, os níveis de acesso a ferramentas digitais, dentre outros aspectos.

Os questionários estão disponíveis até 31 de maio e são de extrema importância para que a comunidade possa registrar, oficialmente, suas condições de trabalho e estudo no período de isolamento social. Assim, a UFC poderá ter um diagnóstico oficial das situações enfrentadas. Estudantes de graduação e professores devem acessar a pesquisa pelo SIGAA; servidores técnico-administrativos, pelo SIGPRH.

Desde a suspensão das atividades presenciais da UFC em decorrência da COVID-19, outras sondagens foram realizadas por pró-reitorias e unidades acadêmicas. Esta pesquisa institucional, no entanto, visa padronizar a metodologia e coletar dados de modo global, com mais segmentos da comunidade universitária.

POR QUE PARTICIPAR? – Neste momento, a UFC, sob coordernação da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), se organiza para elaborar coletivamente sua Proposta Pedagógica de Emergência (PPE), cujo objetivo é desenvolver mecanismos para a reposição de aulas e para a conclusão do semestre letivo 2020.1.

Tendo em vista que não há garantias, no curto prazo, de quando poderá ser feita a retomada das atividades 100% presenciais, devido ao alto contágio da COVID-19, pensar alternativas de retomada gradual das atividades é essencial. Por isso, é tão importante a construção de um diagnóstico mais fiel sobre as condições da comunidade universitária.

Do mesmo modo, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) está discutindo novas medidas de apoio aos alunos, no sentido de garantir acolhimento e dar condições de conectividade digital aos estudantes. Essa é mais uma razão, portanto, para que a comunidade discente participe da pesquisa institucional.

O questionário dos estudantes foi elaborado pela PRAE, enquanto o de professores foi feito pela PROGRAD e o de servidores técnico-administrativos pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP). A Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) é a responsável pela disponibilização e processamento dos dados. A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), por sua vez, está elaborando um levantamento específico com os coordenadores de programas de pós-graduação.

Imagem: Interface da tela do Painel de Indicadores de Graduação (Imagem: Divulgação/PROGRAD)PAINEL DE INDICADORES DA GRADUAÇÃO – Além da pesquisa institucional, uma novidade importante foi lançada nesta semana, pela PROGRAD, para garantir à UFC mais dados confiáveis sobre a situação de seus alunos. Trata-se do Painel de Indicadores da Graduação, um amplo banco de dados que atende às melhores práticas de construção de relatórios analíticos.

O software utilizado para a construção do painel é usado por várias instituições de ensino em todo o mundo. Um dos pilares é a apresentação de relatórios de fácil visualização e compreensão, permitindo análises multidimensionais em grandes bases de dados e estudos de indicadores fundamentais para as ações da UFC.

Para a pró-reitora de Graduação, Ana Paula de Medeiros, "no momento em que a Universidade planeja ações importantes, que exigem a leitura de indicadores, o painel se mostra um recurso útil e necessário para auxiliar na tomada de decisões".

PLANO PEDAGÓGICO DE EMERGÊNCIA – Tanto a pesquisa institucional quanto o Painel de Indicadores da Graduação servirão para subsidiar o grupo de trabalho (GT) que está elaborando a Proposta Pedagógica de Emergência (PPE) da UFC. A segunda reunião do grupo ocorreu nessa terça-feira (12), pela Internet.

O GT, que já contava com representação docente e discente, irá ganhar mais um assento dedicado aos estudantes e mais dois para a representação de servidores técnico-administrativos, com nomes ainda a serem definidos.

A reunião de terça-feira aponta para a inevitabilidade de um semestre especial e atemporal, o que significa uma flexibilização do semestre 2020.1 para que ele possa ser concluído. Isso porque atualmente há componentes curriculares (disciplinas) em diferentes estágios de andamento: alguns foram interrompidos, mas permitem retomada, e outros já tiveram o conteúdo teórico completamente ministrado. Por isso a conclusão se dará em períodos diferentes, exigindo soluções específicas para cada situação.

"Hoje não temos mais os mesmos conceitos de tempo e de espaço. Não poderemos nos amarrar ao desenho de um semestre-padrão", avalia a pró-reitora Ana Paula de Medeiros. Segundo ela, será necessário pensar em respostas para três situações distintas do corpo discente: os alunos que puderam acompanhar atividades remotas, os que puderam parcialmente e aqueles que não tiveram oportunidade de acompanhar as atividades a distância.

A titular da PROGRAD explica que está monitorando as experiências de outras instituições federais de ensino superior e que a tendência é que sejam desenvolvidos cronogramas de retomada gradual. "Não há condições, no momento, de fazer planejamento de longo prazo. O cenário é atípico e exige adaptações. Teremos que pensar em soluções que diferem de tudo que vínhamos praticando até então", pontua.

A flexibilização curricular é amparada pelo Parecer nº 05/2020, do Conselho Nacional de Educação (CNE), que trata da reorganização do calendário escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da pandemia da COVID-19.

A próxima reunião, também virtual, está agendada para esta quinta-feira (14), às 14h.

Fonte: Pró-Reitoria de Graduação – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300