Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Solenidade na Reitoria marca abertura das comemorações dos 70 anos da FAMED

Imagem: Foto mostra mesa da solenidade com autoridades e reitor falando ao púlpitoEm uma noite marcada por homenagens e celebração de um legado histórico para a saúde no Brasil, tiveram início, nessa quarta-feira (9), as comemorações dos 70 anos da Faculdade de Medicina (FAMED) da Universidade Federal do Ceará. A solenidade foi realizada no auditório da Reitoria e contou com a presença de personalidades que fizeram parte da trajetória de uma das unidades acadêmicas fundadoras da UFC.

Compuseram a mesa da cerimônia o reitor Henry Campos; a diretora da Faculdade de Medicina, Valéria Goes Pinheiro; o ex-reitor da UFC René Barreira; a professora emérita e presidente da comissão organizadora dos 70 anos da FAMED, Sílvia Bonfim; o reitor pro tempore da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Anastácio Queiroz; o professor emérito e presidente da Academia Cearense de Medicina, Manassés Fonteles; e o estudante de Medicina e representante do Centro Acadêmico XII de Maio, Alex White.

O evento teve início com a apresentação de um vídeo, produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC, alusivo aos 70 anos da FAMED. Nele, os presentes puderam acompanhar a narrativa da faculdade desde sua criação, em 1948, até os dias atuais. Destacando os mais de 8 mil formados na FAMED, o vídeo ainda abordou a contribuição da faculdade na pesquisa, que hoje soma 507 projetos, e na extensão, com a realização de 134 iniciativas na comunidade.

Dando abertura aos discursos, falou a Profª Sílvia Bonfim, que apresentou a agenda dos 70 anos. "Os alunos de ontem e de hoje vão se encontrar nessa programação de carinho e humanização", afirmou. Dentre as atividades, a presidente da comissão dos 70 anos ressaltou a inauguração do novo bloco didático da faculdade, situado na rua Papi Júnior, 1233, no bairro Rodolfo Teófilo. Com mais de 6 mil metros quadrados, o local ganhará o nome do professor e pesquisador da UFC na área de oncologia Ronaldo Ribeiro, falecido em 2015. A construção abrigará salas de aula, auditórios e laboratórios para turmas de graduação e pós-graduação.

Veja outras fotos da solenidade no Flickr da UFC

Imagem: Profª Valéria Pinheiro, diretora da FAMED, contextualizou o momento histórico de criação do Curso de Medicina (Foto: Viktor Braga/UFC)Em seguida, representando o corpo discente da FAMED, falou o estudante Alex White. Atualmente no segundo ano do internato, o jovem, natural de Minas Gerais, afirmou sentir orgulho de estudar na Federal do Ceará. "A Faculdade de Medicina e o centro acadêmico têm uma história muito bonita de luta. Sinto-me orgulhoso de ter escolhido a Faculdade de Medicina da UFC, não tinha lugar melhor para a minha formação médica", definiu.

Fazendo um amplo relato da história da FAMED, a Profª Valéria Goes Pinheiro contextualizou o momento de criação do Curso de Medicina e abordou o primeiro processo seletivo, que contou com apenas 10 aprovados para 60 vagas. Houve na turma somente três concludentes, sendo duas mulheres. Seguiu a diretora pelos anos de construção e instalação da FAMED no Porangabuçu até chegar a uma das mais recentes inovações da faculdade: a criação do Curso de Fisioterapia, primeiro curso público da área no Ceará. "Conhecer nossa história é importante para entendermos e valorizarmos o momento em que vivemos e, ainda, para prospectar nosso futuro. Estamos cientes de nossa responsabilidade social, por esse motivo temos pressa em ampliar as ações de ensino, pesquisa e extensão", declarou.

Em seu discurso, o reitor Henry Campos realçou a contribuição da FAMED para o ensino médico no Ceará, que definiu como "de excelência, inspirado nos preceitos éticos e humanistas, focado em uma formação crítico-reflexiva e atento à realidade social que nos cerca". Ainda no campo do ensino, o reitor comentou a importância da expansão da FAMED para o interior do Estado. "Merece aplauso a sensibilidade demonstrada pela FAMED no momento em que fomos desafiados a implantar duas unidades do curso no interior do Estado. As extensões de Sobral e Barbalha muito cedo demonstraram o acerto daquela decisão. Veio, pouco depois, a criação dos campi do Cariri e de Sobral, expansão que se apoiou, fortemente, na presença de um curso de medicina consolidado e bem avaliado", apontou.

Imagem: Fotos dos familiares do grupo médico responsável pela criação do Curso de Medicina com placas de homenagem nas mãosHOMENAGEM – O grupo médico responsável pela criação e consolidação do primeiro curso de medicina no Ceará foi lembrado na solenidade. Receberam uma placa, das mãos da diretora da FAMED, os familiares dos pioneiros: o Prof. José Carlos Ribeiro, representado por seu neto, Carlos da Costa Ribeiro Neto; o Prof. Jurandir Marães Picanço, representado por seu filho, Paulo Eduardo da Silva Picanço; o Prof. Newton Teófilo Gonçalves, representado por sua filha, Cláudia Meneleu Gonçalves Leal; o Prof. José Waldemar de Alcântara e Silva, representado por sua filha, Luíza Alcântara; e Walter de Moura Cantídio, representado por seu filho, Walder Mendes Cantídio.

PROGRAMAÇÃO – As comemorações do 70 anos da FAMED seguem com a Noite do Jaleco, que ocorre a partir das 18h30min desta quinta-feira (10), no Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), no Campus do Porangabuçu. Na sexta-feira (11), será realizado um tour pelo campus e, ainda, o Anatomy Day, quando o Departamento de Morfologia da UFC abre suas portas para a comunidade acadêmica e visitantes externos. No sábado (12), as comemorações se encerram com um almoço na Casa de José de Alencar.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7331

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300