Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

UFC e CNPEM assinam convênio de intercâmbio na área de nanomateriais

Imagem: Convênio permitirá o intercâmbio de estudantes de pós-graduação e de professores (Foto: Ribamar Neto/UFC)A Aula Magna da Pós-Graduação do semestre 2019.1 foi marcada, nesta segunda-feira (25), não apenas pelo debate sobre o potencial da fonte de luz Sirius, um dos maiores empreendimentos científicos do País, mas também pela assinatura de termo de cooperação técnico-científica entre a Universidade Federal do Ceará e o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), referência internacional nessas áreas do conhecimento.

O convênio, assinado pelo reitor da UFC, Prof. Henry Campos, pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Antonio Gomes, e pelo diretor do CNPEM e palestrante da aula magna, Antônio José Roque da Silva, permitirá o intercâmbio de estudantes de pós-graduação e de professores da UFC com o Laboratório Nacional de Nanotecnologia, um dos quatro laboratórios que integram o CNPEM, em Campinas (SP).

A proposta é que vários grupos de pesquisa da UFC que realizam estudos na área de nanomateriais possam se beneficiar da parceria. A seleção de projetos será feita mediante edital interno na UFC, ainda a ser lançado.

"Isso vai enriquecer e dar mais oportunidades a nossos pesquisadores. Nos últimos anos, a UFC tem se consolidado como a melhor universidade do Norte e Nordeste do Brasil, em avaliações em que o componente da pesquisa tem contribuído de maneira expressiva", avaliou o reitor Henry Campos.

"Esse é o momento de reconhecer todos os colegiados de pós-graduação, pesquisadores, estudantes pela contribuição que vem sendo dada, ao mesmo tempo que damos as boas-vindas aos novos alunos de pós-graduação da UFC", completou o reitor.

Veja outras imagens do evento no Flickr da UFC

Imagem: Palestra do Prof. José Roque foi precedida por uma apresentação do Grupo de Violoncelos da UFC, projeto de extensão vinculado ao Curso de Música (Foto: Ribamar Neto/UFC)O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC, Prof. Antonio Gomes, que abriu a aula magna, lembrou que nenhuma universidade é grande sem que tenha o corpo discente como protagonista. "É a ousadia dos estudantes e a energia da juventude que, muitas vezes, quebram paradigmas", ressaltou.

O Prof. José Roque aproveitou a oportunidade para lembrar que, além do termo de cooperação técnico-científica entre CNPEM e UFC, há vários outros canais de oportunidade para estudantes interessados em aproveitar o potencial dos laboratórios do Centro. O Programa Unificado de Estágios e as Bolsas de Verão foram alguns dos exemplos citados.

A PALESTRA – O Auditório Cândido Pamplona, do Centro de Tecnologia da UFC, ficou lotado para a palestra de José Roque na Aula Magna da Pós-Graduação, precedida por uma apresentação do Grupo de Violoncelos da UFC, projeto de extensão vinculado ao Curso de Música.

O Prof. José Roque explicou que a fonte de luz Sirius, equipamento de grande porte que está em etapa final de desenvolvimento, beneficiará pesquisas de quase todas as áreas do conhecimento que exigem a investigação da estrutura de materiais e do comportamento das partículas que os compõem.

Imagem: O Prof. José Roque explicou que a fonte de luz Sirius beneficiará pesquisas de quase todas as áreas do conhecimento (Foto: Ribamar Neto/UFC)Estudos relacionados ao zika vírus, à estrutura dos solos, ao funcionamento do cérebro humano e ao pré-sal, para citar apenas alguns exemplos dados pelo palestrante, já têm se utilizado de luz síncrotron em sua evolução.

Segundo o Prof. José Roque, o Sirius é um acelerador de partículas capaz de produzir feixes de luz com altíssimo brilho. O equipamento, considerado de 4ª geração, substituirá a atual fonte de luz síncrotron brasileira, o UVX, de 2ª geração, em operação desde 1997. Atualmente, mais de 6 mil usuários se beneficiam do equipamento em funcionamento.

O palestrante explicou a tecnologia empregada no desenvolvimento do Sirius. "A exponencial do brilho cresceu muito no mundo, nas últimas décadas. O mundo inteiro tem investido nisso. Trata-se da ferramenta mais útil para a investigação de materiais". Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas no site do CNPEM.

Fonte: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – fone: 85 3366 9943

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300