Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

UFC inicia projeto de fomento à pesquisa matemática; inscrições para bolsa de pós-doutorado

Imagem: Prof. Yuri Lima, do Departamento de Matemática da UFC (Foto: Ribamar Neto/UFC)A Universidade Federal do Ceará iniciou as ações do Jangada Dinâmica, projeto que busca fortalecer a pesquisa matemática no Ceará. Idealizada pelo Prof. Yuri Lima, do Departamento de Matemática, a iniciativa fomenta estudos sobre sistemas dinâmicos e teoria ergódica, e está com inscrições abertas até o dia 31 de dezembro para seleção de bolsa de pós-doutorado, que pode ser preenchida por pesquisador de qualquer instituição brasileira ou internacional.

Por ser o setor de estudo "sistemas dinâmicos e teoria ergódica" ainda recente no Ceará, o objetivo do projeto é fortalecer pesquisas na área por meio de realização de eventos que promovam troca de conhecimentos e da formação de uma rede de pós-doutores que desenvolvam estudos sobre o tema. "A intenção é inserir a UFC no calendário de eventos sobre o tema e atrair pesquisadores de renome para que possamos construir mais conhecimento", explica o Prof. Yuri Lima.

Com duração de cinco anos, o Jangada Dinâmica prevê a realização de Escolas de Verão de Estudos Avançados, com a participação de estudiosos de instituições internacionais; a organização da VI Escola Brasileira de Sistemas Dinâmicos; e workshops bienais.

Quanto às bolsas, serão sete vagas distribuídas ao longo de todo o período do projeto. Dos pesquisadores é exigido que dediquem sua atuação, por pelo menos um mês a cada semestre (ou dois meses seguidos em um ano), à pesquisa em universidades nordestinas de menor porte para desenvolver os estudos nessas instituições. Para participar da seleção, os candidatos devem enviar uma lista de documentos, conforme descritos no site do Departamento de Matemática, para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

"A iniciativa é um jogo de ganha-ganha, em que todos se beneficiam. Acreditamos que o projeto contribuirá para a valorização daquilo que, segundo diversos especialistas, é a melhor maneira de diminuir as desigualdades sociais do País: educação e ciência", afirma o professor. Ele destaca que, para que haja aumento da diversidade de pesquisadores de matemática, 30% de todas as atividades serão destinadas à participação de grupos sub-representados na ciência, como mulheres e negros.

Imagem: Logo da Jangada DinâmicaPara a realização da ação, o Instituto Serrapilheira, por meio da Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento a Pesquisas no Ceará (ASTEF), financia a formação da rede de pesquisadores com R$ 1,2 milhão. Na avaliação do diretor-presidente do Serrapilheira, Hugo Aguilaniu, "o projeto é ambicioso e aposta no potencial imenso do Ceará. [...] acreditamos no seu poder de transformação e na sua capacidade de promover significativamente a matemática cearense e gerar desdobramentos na região Nordeste."

MATEMÁTICA NO CEARÁ – Um dos fatores que motivaram a promoção de matemática no Estado foi o baixo desempenho do País na área, no que se refere à educação. A edição de 2018 do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA, na sigla em inglês), mostra que dois terços dos brasileiros sabem menos do que o básico em matemática. O Nordeste foi a região que obteve as menores médias.

Na pesquisa em matemática, no entanto, o cenário é outro: o Brasil é referência internacional, e o Ceará é destaque. O programa de pós-graduação em matemática da UFC tem conceito 7 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a nota máxima atribuída pela agência. Na disciplina, a federal cearense é a única instituição das regiões Norte e Nordeste nesse patamar.

Além disso, o Estado possui uma das mais antigas competições de matemática, a Olimpíada Cearense de Matemática (OCM), que realizará em 2020 sua 40º edição. Também é de autoria cearense o Projeto Numeratizar, que inspirou a criação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), por desenvolver estratégias para melhorar a qualidade do ensino da disciplina na educação básica. O Numeratizar foi criado no Departamento de Matemática da UFC, sob coordenação do Prof. João Lucas Marques Barbosa.

"A realização desse projeto no Nordeste é uma forma de localizarmos e engajarmos os talentos da região", destaca Cristina Caldas, diretora de Pesquisa Científica do Serrapilheira. "A ideia é que esses jovens possam se formar, até mesmo construir uma carreira no exterior e, depois, voltar e contribuir para o desenvolvimento científico local."

Fontes: Prof. Yuri Lima, do Departamento de Matemática da UFC – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Clarice Cudischevitch, analista de Comunicação do Instituto Serrapilheira – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300