Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

UFC e Governo do Estado iniciam aproximação em projeto de oportunidades para a juventude

A Universidade Federal do Ceará e o Governo do Estado iniciaram, nesta semana, aproximação visando à colaboração mútua nas atividades do projeto Virando o Jogo, no âmbito do Programa Superação. O projeto é uma iniciativa da Vice-Governadoria e da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), em parceria com diversas outras instituições. O objetivo é oportunizar geração de renda e acesso à cultura, ao esporte e ao lazer a jovens que vivem em áreas de vulnerabilidade socioeconômica do Estado.

Tela do evento on-line, com participantes em chama de vídeo

A colaboração da UFC será viabilizada a partir da reunião ocorrida, da qual participaram o reitor da Universidade, Prof. Cândido Albuquerque; a vice-governadora Izolda Cela; o secretário-executivo de Proteção Social da SPS, Francisco Ibiapina; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Jorge Lira; a pró-reitora de Extensão, Profª Elizabeth Daher; a ex-pró-reitora de Extensão e cientista-chefe da área de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Profª Márcia Machado; o pró-reitor-adjunto de Extensão, Prof. Rogério Mâsih; a coordenadora de Extensão do Campus do Benfica, Profª Lara Capelo; a coordenadora de Extensão do Campus do Pici, Profª Nadja Dutra; a docente do Departamento de Ciências Sociais Danyelle Nilin; a coordenadora especial de Programas e Projetos da Vice-Governadoria, Carla da Escóssia, dentre outros assessores e representantes das instâncias envolvidas.

A principal pauta da reunião foi como a UFC poderia integrar-se ao Virando o Jogo, por meio de cessão de espaço para atividades do projeto (quando do retorno ao regime presencial), articulação para receber jovens assistidos pela iniciativa nos cursinhos pré-vestibulares ofertados pela Universidade, visitas a equipamentos culturais e artísticos, além de produção científica conjunta entre UFC e Governo do Estado, capitaneada pela cientista-chefe da área.

"A Universidade possui muita potência para protagonizar momentos como este. E a proposta do Virando o Jogo remonta a uma época em que o governo estadual ainda estava gestando o programa Ceará Pacífico. A importância é enorme. Quando estamos diante de alguns jovens, vemos que com oportunidades eles podem chegar muito longe", afirmou a Profª Márcia Machado.

A vice-governadora abriu a reunião parabenizando os envolvidos no projeto pela dedicação a políticas de juventude, fazendo menção especial à atuação da assistente social Carla da Escóssia. Izolda Cela também expressou a gratidão de poder contar com a expertise da UFC para ampliar o escopo do Virando o Jogo.

Já o reitor trouxe à tona suas memórias de jovem estudante no interior do Piauí para exemplificar o poder transformador da educação. "A escola e a Universidade me mudaram. A educação de fato vira o jogo na vida de uma criança e um adolescente. Já temos inúmeras dificuldades além das que são próprias da idade: as facções criminosas estão tirando esses jovens da escola, recrutando, matando. E isso ficou ainda mais evidenciado durante a pandemia", ponderou o Prof. Cândido Albuquerque, acrescentando ser essa uma aproximação que pode gerar grandes resultados sociais.

SOBRE O VIRANDO O JOGO – A partir de um diagnóstico realizado pela SPS, que identificou um percentual significativo (em torno de 30%) de jovens que não estudam nem trabalham, o projeto mencionado desenvolve atividades de suporte a jovens de 15 a 19 anos, oriundos de seis áreas socialmente vulneráveis da Capital cearense e com renda familiar per capita inferior a meio salário mínimo.

Por meio das ações desenvolvidas, os beneficiados têm garantia de renda (bolsa), apoio na reinserção escolar e encaminhamento profissional, possibilitando o fortalecimento da cidadania, de vínculos familiares e de fatores protetivos nas comunidades onde estão inseridos. Com a UFC engrossando a fileira de parcerias – que já conta com Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP), Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) –, a Vice-Governadoria espera ampliar o projeto para fora de Fortaleza, chegando a municípios como Itapipoca, Limoeiro do Norte, Sobral e Juazeiro do Norte.

Fonte: Gabinete do Reitor – e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300