Procurar no portal

UFC e você contra o mosquito

Parque Tecnológico da UFC dá início às quatro primeiras incubações de startups acadêmicas

Quatro spin-offs (startups acadêmicas, empresas que nasceram a partir de pesquisas desenvolvidas no ambiente acadêmico) serão incubadas pelo Parque Tecnológico (PARTEC) da Universidade Federal do Ceará. Os contratos foram assinados nesta semana pelo reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, e pelo presidente da Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento de Pesquisas (ASTEF), Prof. Barros Neto, e representam um importante passo para a política de inovação. A ASTEF é a entidade gestora do PARTEC.

Imagem: Fachada do prédio do Condomínio de Empreendedorismo e Inovação abrigará duas das quatro spin-offs incubadas pelo Parque Tecnológico (Foto: Ribamar Neto/UFC Informa)

As spins-offs são resultado de pesquisas acadêmicas em áreas como saúde, engenharia e finanças. Uma vez que as pesquisas geraram produtos inovadores, seus autores se preparam para dar o passo seguinte e transformá-los em empresas, com todos os desafios que isso implica.

Dentro da política de inovação da UFC, é nesse ponto que entra o PARTEC: por 12 meses, a Universidade oferece gratuitamente instalações físicas, Internet, serviços de limpeza e segurança. Também oferece acesso e uso de laboratórios específicos, com equipamentos de ponta, que são fundamentais para o desenvolvimento dos produtos e o eventual ganho de escala do processo.

Além disso, por meio de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (SEBRAE), as spin-offs terão acesso à capacitação e consultoria para organizar a área de gestão e negócios da empresa. Em contrapartida, se elas vierem dar lucro, a Universidade receberá um percentual do valor. 

"Todo o trabalho que a gente vem fazendo em torno do empreendedorismo e da inovação começa a mostrar resultados. Estamos abrindo espaço para as startups acadêmicas, as spin-offs, e eu fico muito feliz porque vejo uma perspectiva. Em tão pouco tempo, já temos as quatro primeiras instaladas e isso é muito importante porque serve de exemplo. Estamos começando, e começando bem", avalia o reitor Cândido Albuquerque.

O reitor situa o momento dentro da nova política de inovação da UFC. "Temos dois equipamentos muito importantes, o Parque Tecnológico e o Condomínio de Empreendedorismo e Inovação. Juntos, eles vão criar um ambiente fundamental para nossa Universidade", disse.

Ouça também matéria sobre o assunto produzida pela rádio Universitária FM

CONHECENDO AS SPINS-OFFS – As empresas que serão incubadas apresentam um perfil bastante diversificado, aponta o diretor geral do PARTEC, Prof. Fernando Nunes. Todas participaram de um edital público lançado no fim do ano passado. O lançamento oficial do processo de incubação deve ser feito na próxima terça-feira (1º), no Condomínio do Empreendedorismo e Inovação, no Campus do Pici, com a entrega presencial do material aos líderes das spin-offs.

Uma das spin-offs é a TECDERM, empresa da área de saúde que está desenvolvendo curativos de alta performance. Como explica o Prof. Fernando, o produto utiliza-se das próprias células mortas para acelerar o processo de cicatrização das feridas. Com isso, pretende-se evitar casos mais graves, como os das escaras, que muitas vezes levam meses para ser tratados.

A empresa será instalada no Condomínio de Empreendedorismo e Inovação e utilizará o Laboratório de Curativos e Medicamentos do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) para pesquisas de uso e testagem. Também deve realizar o desenvolvimento de novos produtos no Laboratório do Núcleo de Pesquisas em Lubrificantes.

Outra spin-off a atuar na área de saúde, segundo o diretor do PARTEC, será a MEDSEQ Medicina Personalizada, que trabalha com diagnóstico preventivo do câncer. A empresa ficará localizada na Faculdade de Medicina (FAMED) e poderá utilizar o Laboratório de Citogenômica do Câncer, para aprimoramento dos seus produtos.

A terceira é a Soluções de Machine Learning para Manutenção e Inspeção Industrial, que trabalha com identificação de problemas em tubulações e será instalada no Condomínio. A spin-off permitirá identificar problemas com maior precisão e utilizará o Laboratório de Metrologia Mecânica.

A quarta spin-off é a Open Source Bankings, que ficará sediada no Campus de Crateús. A spin-off está desenvolvendo um sistema em código aberto, gratuito, para facilitar a gestão financeira e bancária de pequenos negócios. A Open Source trabalhará com capacitação para implantação do sistema, manutenção e atualização do sistema. Ela utilizará o Laboratório Loja 04 do PARTEC.

O presidente da Fundação ASTEF, Prof. Barros Neto, destaca que a Universidade vem avançando na cultura da inovação e do empreendedorismo, e que é muito importante ver a UFC gerar suas próprias spin-offs. "É uma contribuição importante para a sociedade e, ao mesmo tempo, um grande momento para a Universidade. Que venham outras e que elas sejam muito bem-sucedidas", diz.  

Fonte: Prof. Fernando Nunes, diretor do Parque Tecnológico da UFC – e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Endereço

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, Fortaleza - CE, CEP 60020-181 - Ver mapaFone: +55 (85) 3366 7300